UOL Esporte Futebol
 
15/01/2010 - 07h08

Iniciar ano na reserva desagrada W. Paulista, artilheiro celeste em 2009

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Wellington Paulista disse que não quer passar o ano na reserva

    Wellington Paulista disse que não quer passar o ano na reserva

De fora do jogo-treino com o Itaúna por causa de uma bolha no calcanhar esquerdo, o atacante Wellington Paulista mostrou-se incomodado por outro motivo. Preterido pelo técnico Adilson Batista, o artilheiro do Cruzeiro em 2009, com 26 gols, admitiu que ficou chateado por iniciar a temporada na reserva da equipe celeste.

“Eu ia treinar, só que o Adilson preferiu Thiago Ribeiro e Kléber, e eu estava com dor no pé, acabei nem conseguindo aquecer, então preferi ficar fora para não agravar mais a bolha. Mas, pelo andar da carruagem, estou continuando no banco e ele está optando pelo Thiago e pelo Kléber”, disse Wellington Paulista, em entrevista à Rádio Itatiaia.

O atacante afirmou que não esperava iniciar o ano na reserva. “O que me pediram no começo do ano (2009), quando cheguei, foram gols, e graças a Deus consegui fazer, terminei como artilheiro da equipe. E no primeiro coletivo já ficar fora, a gente fica chateado por isso, pelo que a gente fez o ano todo pelo Cruzeiro. Então a gente espera que possa voltar a ser titular e buscar essa vaga”, ressaltou.

O jogador lembrou que no ano passado teve de brigar para ser titular. Wellington Paulista conseguiu se firmar na equipe somente no segundo semestre, principalmente depois que Kléber saiu do time para se recuperar de problema no púbis.

“Vamos lutar no dia a dia para ver se a gente consegue buscar essa titularidade de novo. No ano passado, foi praticamente o ano todo brigando por isso, consegui nos jogos finais. Este ano, parece que vai continuar a mesma coisa. Então vamos ver se a gente consegue mudar essa trajetória no decorrer do ano para buscar essa titularidade”, observou o atacante.

Wellington Paulista disse, no entanto, que não quer passar a temporada toda no banco de reservas. Alvo de especulações durante as férias sobre uma possível negociação, o atacante reafirmou o desejo de continuar no Cruzeiro, porém espera ser aproveitado por Adilson Batista.

“Quero continuar no Cruzeiro, quero jogar, quero estar atuando como todo atacante goleador, mas depende da situação. Eu também não quero ficar o ano todo na reserva de novo, como fiquei o ano passado. Então espero que este ano possa estar jogando de novo para que eu possa desempenhar meu papel no Cruzeiro”, ponderou o jogador.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host