UOL Esporte Futebol
 
16/01/2010 - 16h03

Pelé isenta Maradona de culpa pela campanha da Argentina nas eliminatórias

Das agências internacionais
Em Bogotá (COL)

O Rei Pelé, um dos maiores jogadores de todos os tempos, afirmou neste sábado, em Bogotá, que a irregular campanha da Argentina nas eliminatórias sul-americanas não pode ser atribuída ao treinador Diego Armando Maradona, e sim aos que lhe colocaram no cargo.

“Maradona não era um treinador com experiência. Ele começou este ano e a culpa não é dele. Talvez o culpado seja quem aceitou que ele fosse o técnico”, afirmou Pelé, em uma coletiva de imprensa em Bogotá, na Colômbia.

O Rei do Futebol disse que a seleção alviceleste “será uma equipe forte para o Mundial” e que “é uma equipe de luta, que está bem preparada”. Aos que dizem que os grandes favoritos para a Copa do Mundo são os mesmos de sempre, Pelé se aventurou a dizer que a Espanha é a seleção mais preparada no momento.

Sobre outros assuntos, o astro do futebol brasileiro afirmou que a FIFA se encontra preocupada com a saúde do ex-presidente Nelson Mandella e ainda lamentou a difícil situação pela qual passa o Haiti.

Pelé chegou na noite desta sexta-feira a Bogotá, onde promove a 51ª edição da Copa Libertadores da América, torneio que conquistou por duas vezes - nos anos de 1962 e 1963 – com o Santos.

No domingo, Pelé receberá uma homenagem no estádio El Campín de Bogotá, onde assistirá a um amistoso entre os times do Milionários e do Santa Fe, ambos colombianos que se preparam para o Torneio Apertura de 2010.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host