UOL Esporte Futebol
 
25/01/2010 - 00h09

Higuita se despede do futebol em amistoso e repete famosa defesa com os pés

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Higuita tenta repetir defesa 'escorpião', consagrada em Wembley, em sua despedida dos gramados

    Higuita tenta repetir defesa 'escorpião', consagrada em Wembley, em sua despedida dos gramados

O domingo marcou a despedida de Higuita do futebol. O polêmico goleiro de 43 anos deu adeus aos gramados em partida entre o combinado de estrelas da Colômbia e os grandes jogadores da década de 1990 e o Atlético Nacional-COL. No duelo no estádio Atanasio Girardot, em Medelín, o arqueiro repetiu a folclórica defesa apelidada de 'escorpião'.

Higuita fez o que tudo que tinha direito. Saiu com a bola dominada da área, iludiu rivais, teve uma cobrança de falta e mostrou habilidade com os pés e as mãos diante de 20 mil espectadores. “As jogadas que fiz são resultado do trabalho acumulado‘, declarou ’El loco’.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, após um chute de Neider Morantes, repetiu sua defesa mais famosa, a que fez com os pés no amistoso contra a Inglaterra, em Wembley. Na ocasião, Higuita impediu o gol dos donos da casa com um salto para trás e com os pés.

“É impossível viver este momento sem louvar a Deus e sem pensar nas vítimas do terremoto do Haiti, nas crianças com fissura palatina e lábio leporino na Colômbia, e nos amigos que já morreram”, declarou.

Sem a presença de ilustres como Ronaldo que estava entre os convivados, o duelo teve outros nomes conhecidos do futebol sul-americano como os equatorianos Alex Aguinaga e Cesar Cueto, e os colombianos Carlos Valderrama, Faustino Asprilla, Oscar Cordoba, Arnoldo Iguaran, Alexis Garcia, Luis Perea e Victor Aristizábal.

Polêmico, Higuita ficou famoso por suas tentativas ousadas no gol, algumas com sucesso e outras nem tanto. A que ficou mais marcada foi durante a Copa do Mundo de 1990, quando saiu da área e tabelou com zagueiro. Ao receber de volta, se atrapalhou com os pés. O camaronês Roger Milla aproveitou a deixa, roubou a bola e marcou o gol que eliminou a Colômbia do Mundial.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host