UOL Esporte Futebol
 
09/02/2010 - 07h00

Cicinho chega na 4ª, Fred é descartado e Fernandão volta à pauta no SP

Renan Prates
Em São Paulo

O São Paulo corre atrás de peças para fechar o seu elenco para esta temporada. De todos os nomes que interessam, o lateral-direito Cicinho é o que está mais próximo. A única coisa que separa o jogador de um retorno é o prazo da sua permanência no time tricolor.

A Roma deseja que Cicinho fique no São Paulo até o dia 30 de julho. Já o clube tricolor quer que o lateral-direito permaneça até 20 de agosto, pois a Copa Libertadores termina no dia 16 do mesmo mês. O único ‘empecilho’ é o última data de registro dos atletas na Federação Italiana (30 de julho). Se Cicinho não for inscrito até este período, ele ficaria impedido de atuar no time italiano até o final do ano.

“A contratação do Cicinho está por alguns ajustes. Ele deve chegar na quarta em São Paulo. Acertamos tudo com o jogador e com a Roma, e só falta ver a questão do tempo de permanência. Esperamos uma resposta definitiva nesta terça”, explicou o presidente do São Paulo Juvenal Juvêncio.

O dirigente são-paulino confirmou os termos de acordo entre Cicinho, o São Paulo e a Roma. O time brasileiro pagará cerca de R$ 200 mil do salário do atleta, e o clube italiano arcará com o resto.

Juvenal disse também que espera inscrever o jogador na primeira fase da Libertadores – o prazo acabou nesta segunda, mas o São Paulo pagará US$ 5 mil de multa para enviar a lista de jogadores na quarta. “Esperamos inscrevê-lo na Libertadores, mas não garanto que isso irá acontecer. Se não der, fica para a segunda fase”.

Quanto ao atacante Fernandão do Goiás, Juvenal Juvêncio voltou a demonstrar interesse na contratação do jogador. “Ainda mantemos contato. Queremos ele, que também nos quer, mas não consegue se liberar”, explicou.

Já o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes explicou que lida a negociação com Fernandão com muita cautela. O dirigente valorizou o fato de ter ‘aparado as arestas’ com a diretoria do time esmeraldino, já que havia muitas divergências entre as duas partes.

“Superamos as nossas desavenças. Isso é o principal. Houve uma mudança de postura do Goiás. O nosso interesse sempre existiu”, revelou Jesus Lopes, que não quis dar detalhes da negociação – comenta-se nos bastidores que o São Paulo pensou em oferecer atletas ao clube goiano para ter Fernandão em troca. “É prematuro falar nisso”.

Sobre Fred, que teve seu nome veiculado nos bastidores do São Paulo nesta segunda-feira, ambos os dirigentes foram enfáticos ao negar qualquer tipo de chance de o jogador vestir a camisa do time tricolor. “Fico até chateado de ter surgido essa notícia porque fica parecendo que a gente quer sacanear o Fluminense, clube com o qual temos um ótimo relacionamento”.

Próximo de fechar com Cicinho de forma oficial, Juvenal Juvêncio admite que quer mais dois jogadores para fechar o elenco. As posições não foram citadas pelo mandatário, mas são no ataque e na lateral-esquerda. O presidente são-paulino não vê a Libertadores como obrigação, mas admitiu que montou um elenco que tem que fazer uma boa campanha na competição, principalmente para apagar a imagem ruim deixada após a eliminação para o Cruzeiro nas quartas de final do ano passado.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host