UOL Esporte Futebol
 
09/02/2010 - 20h28

Com futebol destruído, Haiti recebe US$ 3 milhões de ajuda da Fifa

Das agências internacionais
Em Madri (Espanha)
  • Joseph Blatter anunciou ajuda de US$ 3 milhões ao futebol do Haiti

    Joseph Blatter anunciou ajuda de US$ 3 milhões ao futebol do Haiti

O presidente da Associação Haitiana de Futebol, Yves Jean-Bart, se encontrou nesta terça-feira com o presidente da Fifa, Joseph Blatter. A reunião deu sequência ao projeto do Comitê de Finanças da entidade, que aprovou uma ajuda de US$ 3 milhões ao futebol neste país, que se recupera após ser atingido por um forte terremoto no início de janeiro.

Na reunião, Jean-Bart comunicou que funcionários de sua entidade foram vítimas da tragédia que acometeu o país. Entre outros, o técnico da seleção haitiana sub-17, o massagista da equipe principal e um diretor executivo perderam suas vidas no terremoto.

“O tremor ocorreu às 17h. Nesta hora, nossos jogadores estavam treinando, o que pode ter salvado suas vidas. Por outro lado, praticamente todos tiveram perdas em suas famílias”, disse o dirigente.

“É impossível contabilizar precisamente os danos. Não temos sequer o dinheiro para pagar a maquinaria para retirar os escombros que faltam. Estimamos que há pelo menos 33 mortos entre nossos funcionários. Além disso, perdemos todo nosso patrimônio e nosso sistema administrativo”, explicou Jean-Bart.

A quantia ofertada pela Fifa será depositada em um fundo de assistência, que será gerenciado pela própria entidade a partir de Zurique. “Logo após a catástrofe, o Comitê de Finanças decidiu uma ajuda de emergência de US$ 250 mil. Agora daremos esta ajuda complementar de US$ 3 milhões”, comentou Joseph Blatter.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host