UOL Esporte Futebol
 
09/02/2010 - 12h29

Coritiba espera pelo fim da interdição do Couto Pereira, nesta terça

Do UOL Esporte
Em Curitiba
  • Após quebra-quebra, em dezembro, estádio Couto Pereira segue interditado até hoje

    Após quebra-quebra, em dezembro, estádio Couto Pereira segue interditado até hoje

O Coritiba espera para a tarde desta terça-feira a liberação do Estádio Couto Pereira, que se encontra interditado desde o quebra-quebra ocorrido no jogo com o Fluminense, no dia 6 de dezembro. Segundo informou o clube, a documentação necessária para a suspensão da interdição já foi encaminhada pela CBF ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ao qual cabe a palavra final.

Conforme declarou ao jornal Gazeta do Povo, o diretor jurídico do clube, Gustavo Nadalin, a principal condição para que o estádio fosse liberado era a vistoria feita pela CBF, que ocorreu na sexta-feira passada. Os laudos técnicos, juntamente com o caderno de inspeção foram entregues a Virgílio Elísio, diretor-técnico da CBF, que encaminhou ao STJD.

Para que haja a liberação, não será necessário aguardar o julgamento do caso, ainda sem data marcada, mas dependerá de uma análise dos procuradores e da presidência do tribunal. A expectativa da diretoria alviverde que o time possa voltara para casa no jogo com o Paraná, pelo Paranaense, no próximo dia 21.

Por causa da interdição, o Coxa ainda não pôde atuar no Alto da Glória, no Estadual. De seus quatro jogos como mandante, três foram disputados na Vila Capanema, do Paraná Clube, e outro no Gigante do Itiberê, em Paranaguá.

Devido ao tumulto ocorrido no estádio, no jogo com o Fluminense, o Coritiba foi punido, pelo STJD, com a perda de 30 mandos de jogos.  O clube ingressou com recurso e aguarda pelo julgamento, pelo Pleno do tribunal.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host