UOL Esporte Futebol
 
12/02/2010 - 12h29

Milan assina patrocínio de 60 milhões de euros com Emirates

Do UOL Esporte
Em São Paulo

A má fase do Milan não abalou a imagem do clube, um dos maiores detentores de títulos da história. O clube italiano assinou um novo contrato de patrocínio com a Emirates no valor de 60 milhões de euros. A companhia aérea internacional dos Emirados Árabes anunciou o acordo para cinco temporadas nesta sexta-feira, em Milanello, na presença das estrelas Ronaldinho, David Beckham, o capitão Massimo Ambrosini e o treinador Leonardo.

A nova camisa será lançada apenas na temporada 2010/2011, a partir do dia 1º de julho. Mas a parceria vem de alguns anos, desde 2007, quando a companhia fez o primeiro contrato com o Milan. No ano seguinte, a relação foi intensificada, e a Emirates se tornou um patrocinador Top Institutional.

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, comemorou. “Desde 2007, o relacionamento que liga as duas empresas continuou a crescer e a se desenvolver. Hoje chegamos à maior meta possível: se tornar o patrocinador da camisa e colocar a marca em todos os uniformes. Esta escolha demonstra que a globalidade da marca Milan e a qualidade da nossa oferta continuam atraindo as empresas mais dinâmicas e inovadoras do mundo”, disse.

Em função da parceria, o Milan escolheu mais de uma vez Dubai, sede da Emirates, para fugir do clima rígido da Europa para os seus treinamentos durante a pausa de inverno dos campeonatos europeus.

Outros grandes times europeus também são patrocinados pela companhia aérea: Paris Saint Germain, na França, Hamburgo, da Alemanha, Olympiacos, na Grécia, e o Arsenal, da Inglaterra.

O acordo fechado com o Arsenal em 2004 foi o maior contrato de patrocínio da história do futebol inglês. A Emirates é a primeira companhia aérea a assumir o papel de parceira oficial da Copa do Mundo da FIFA.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host