UOL Esporte Futebol
 
16/02/2010 - 17h45

Everton vence, mas gol no fim dá esperança ao Sporting na Liga Europa

UOL Esporte
Em São Paulo
  • Steve Pienaar e Tim Cahill comemoram o primeiro gol do Everton sobre o Sporting pela Liga Europa

    Steve Pienaar e Tim Cahill comemoram o primeiro gol do Everton sobre o Sporting pela Liga Europa

Jogando em Liverpool, o Everton venceu o Sporting por 2 a 1 na disputa por uma vaga nas oitavas de final da Liga Europa. A equipe inglesa vencia por 2 a 0 até os minutos finais do segundo tempo, mas deixou os portugueses descontarem. Com isso, uma vitória lusitana na partida de volta por 1 a 0 já garante a classificação. O segundo jogo será disputado em Lisboa, no dia 25 de fevereiro.

O Everton começou atacando mais, e obrigou Rui Patrício a trabalhar. Aos 11min, Saha chutou e viu o goleiro espalmar. Na sequência do lance, Osman aproveitou rebote, mas o jogador português defendeu novamente. Sete minutos depois, Carrico dividiu com Saha na área dos visitantes e gerou reclamações de pênalti, mas o juiz mandou a partida seguir.

O melhor ritmo do Everton rendeu em um belo gol aos 34min. Neville tocou para Cahill, que passou de calcanhar e viu Pienaar chutar bem para o fundo das redes. A resposta do Sporting veio dois minutos depois, com bom chute de Pedro Mendes. Howard defendeu e Liedson ficou perto de marcar no rebote, mas a defesa da casa chegou antes.

A equipe inglesa voltou com um bom ritmo do intervalo e precisou de apenas três minutos para ampliar. Após cobrança de escanteio de Baines, Rui Patrício subiu tirar a bola da cabeça de Cahill, mas em vez de sair da área, a bola caiu aos pés de Distin. O zagueiro apenas completou e saiu para comemorar o gol.

O Sporting conseguiu equilibrar o jogo depois do segundo gol, mas tinha dificuldade de passar pela marcação inglesa. A equipe portuguesa tentava jogar pelas alas e com lançamentos, na esperança de alcançar o atacante Liedson.

O Everton ainda teve uma boa chance de fazer o terceiro gol aos 35min, quando Yakubu tocou para Saha chutar, mas Rui Patrício fez boa defesa. A sorte dos ingleses, porém, mudou quando Distin derrubou Liedson na área e o árbitro assinalou pênalti, além de expulsar o zagueiro. Veloso cobrou e descontou para os portugueses aos 42min, dando números finais ao jogo.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host