UOL Esporte Futebol
 
18/02/2010 - 19h21

CBF tira Robinho do clássico contra o Corinthians; Santos tenta última cartada

Do UOL Esporte
Em Santos (SP)
  • Robinho jamais se recusou a defender a seleção na era-Dunga.

    Robinho jamais se recusou a defender a seleção na era-Dunga.

Uma conversa pessoal de um dirigente santista com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira. Essa é a última alternativa encontrada pelo Santos em busca da liberação de Robinho para o clássico contra o Corinthians, dia 28, na Vila Belmiro. Teixeira está em Zurique, na Suíça, e tem retorno agendada apenas para a próxima segunda-feira.

Enquanto isso, fica valendo o posicionamento atual da CBF, que divulgou nesta quinta-feira a programação visando o amistoso contra a Irlanda, dia 2 de março, em Londres. No roteiro traçado, os jogadores que atuam no país terão que comparecer ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, no sábado, dia 27. Com isso, Robinho fica impossibilitado de enfrentar o rival.

A diretoria santista espera contar com a presença de Dunga na reunião definitiva. Se necessário, o Santos se prontifica inclusive a fretar um voo até o Rio de Janeiro para o atleta, com saída da Base Área do Guarujá, horas após o confronto contra o rival

O camisa 7 já deixou claro que gostaria de participar das duas partidas, porém, prioriza a seleção brasileira. O atleta teme perder moral com o treinador Dunga às vésperas da convocação para a Copa do Mundo.

Com contrato até o início de agosto, Robinho pode se despedir do Santos sem enfrentar o maior rival. Isso porque não há mais duelos entre os times agendados, e eles só aconteceriam em caso de cruzamento nas fases finais do Campeonato Paulista, ou a marcação do duelo nas primeiras rodadas do Brasileirão – a CBF ainda não divulgou a tabela da competição.

O alvinegro é freguês do Rei das pedaladas. Em nove confrontos, ele jamais saiu derrotado. Foram oito vitórias e um empate. Além deste atrativo, o jogo também reuniria o duelo entre os amigos Robinho e Ronaldo. Os dois atuaram juntos na seleção brasileira, na Copa de 2006, e no Real Madrid –ESP, por três temporadas.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host