UOL Esporte Futebol
 

06/03/2010 - 06h54

Sem ver imagens, Belluzzo culpa polícia por homem armado no Palestra

Bruno Império
Em São Paulo

 

VEJA AS IMAGENS DA CONFUSÃO

As imagens de um homem sacando uma arma durante uma discussão nas arquibancadas do Palestra Itália caíram na internet no final da noite de quinta-feira. Na manhã seguinte, a cena já era destaque em diversos meios de comunicação e gerava debate entre apresentadores de programas de TV e internautas. No entanto, até as 20h de sexta-feira, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo não sabia de nada. Só tomou conhecimento do episódio quando atendeu a ligação da reportagem do UOL Esporte em seu telefone celular.

“Não vi nada, de onde vieram essas imagens?”, perguntou o mandatário alviverde quanquestionado sobre o tema. Depois de ser informado sobre o caso que aconteceu no dia 26 de setembro do ano passado, na partida entre Palmeiras e Atlético-PR, Belluzzo responsabilizou a polícia.

“Cabe à polícia fazer a revista dos torcedores que entram no Parque Antarctica ou em qualquer estádio do país. Ela [a polícia] é que tem que comentar o caso”, afirmou o presidente do Palmeiras. “O que eu poderia fazer? Colocar seguranças do clube para fazer a revista? Não faz sentido”, completou.

A aparente falha na revista não deverá prejudicar o Palmeiras. Segundo o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, o caso já prescreveu. “Se tais imagens fossem veiculadas à época, o clube mandante poderia responder por falha na prevenção acarretando tumulto e desordem em sua praça desportiva, antiga redação do artigo 213 do CBJD, podendo eventualmente sofrer sanção de multa e perda de mando”, afirmou o procurador ao site Justiça Desportiva.

A reportagem também tentou falar com o promotor Paulo Castilho, que trabalha diretamente na tentativa de coibir a violência em estádios de futebol. No entanto, o celular do promotor permaneceu desligado durante toda a sexta-feira. Ele também não respondeu ao recado deixado em sua caixa postal.

Em comunicado oficial enviado ao jornal Lance!, a assessoria de imprensa da Polícia Militar confirmou que o homem armado é um agente que trabalhava a paisana no estádio. Ele teria sido reconhecido por torcedores e sacou a pistola para se proteger.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host