UOL Esporte Futebol
 
07/03/2010 - 09h55

Jogador nigeriano morre durante partida no Sudão

Das agências internacionais
Em Cartum (Sudão)
  • O atacante nigeriano Endurance Idahor morreu durante partida do Campeonato Sudanês

    O atacante nigeriano Endurance Idahor morreu durante partida do Campeonato Sudanês

Uma tragédia marcou o sábado no futebol do Sudão. O nigeriano Endurance Idahor, atacante do Al-Merreikh, morreu durante a partida contra o Al-Amal, pelo campeonato da primeira divisão local.

Idahor, de 25 anos, desmaiou aos 13 minutos do primeiro tempo, quando sua equipe se preparava para a cobrança de uma falta. Pelas imagens captadas por câmeras de tevê, não fica claro se o jogador se chocou com um adversário antes de cair em campo. Ele tentou se desvencilhar da marcação, mas logo depois caiu sobre um companheiro de equipe.

O atacante permaneceu imóvel no gramado, mesmo com o atendimento médico. Idahor foi levado para um hospital em Omdurman, mas não resistiu e morreu dentro da ambulância.

Uma autópsia será feita para indicar a causa exata da morte do jogador. Não está descartada a possibilidade de Idahor ter sofrido um problema cardíaco. Em comunicado oficial, o Al-Merreikh lamentou a tragédia e destacou que Idahor "era um exemplo de profissional."

O treinador Paulo Campos, do Al-Hilal, esteve no velório do atacante, realizado neste domingo. "Fui junto com alguns dirigentes e jogadores da minha equipe prestar solidariedade à família dele e e fiquei impressionado como o clube estava lotado. O povo sudanês é muito carinhoso e ficou chocado com o que aconteceu. Falei também com o Carbone, que dirige o Al-Merreikh, e ele estava muito abalado. Esperamos que nenhum caso parecido aconteça novamente", disse o brasileiro.

Campos relatou como soube da morte do jogador. "Vencemos ontem (o Ahli Madani, por 2 a 1) fora de casa e durante nossa comemoração, ainda no vestiário, fomos informados dessa fatalidade. Uma tristeza enorme se abateu sobre o grupo e todos ficamos muito chocados. O Al-Hilal, mesmo sendo adversário, decretou luto e fechou as portas hoje como uma homenagem ao Idahor", comentou.

Segundo o treinador, alguns torcedores do Al-Merreikh até invadiram o gramado para tentar agredir os jogadores do Al-Amal, acusando-os por dar uma cotovelada em Idahor e que ele teria se sentido mal após o golpe. "que ele havia levado uma cotovelada durante o empurra-empurra na cobrança de falta. Mas as imagens mostram que antes da cobrança ele já estava agachado, como se estivesse se sentindo mal, ou com dificuldades de respirar. Foi uma fatalidade", concluiu.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host