UOL Esporte Futebol
 
08/03/2010 - 09h01

Juiz que apitou em Copa é acusado de fraude na China

Das agências internacionais
Em Pequim (China)

Nesta segunda-feira, quatro árbitros chineses foram detidos sob acusação de envolvimento em um esquema de manipulação de resultados. Entre eles, está um juiz que já apitou em uma Copa do Mundo.

De acordo com o diário Global Times, Lu Jun, que trabalhou no Mundial-2002 e hoje está aposentado, estaria entre os suspeitos. Huang Junjie, que faz parte do quadro internacional da Fifa desde 1998, também foi acusado de participar da fraude.

Lu Jun, de 50 anos, ganhou o apelido de “apito de ouro” por sua boa reputação. Na Copa-2002, ele apitou os jogos entre Croácia e México, além de Polônia e Estados Unidos.

Na semana passada, Nan Yong, ex-presidente da Federação Chinesa (CFA), e Zhang Jianqiang, chefe do comitê de arbitragem local, foram detidos. Outros 20 dirigentes também foram acusados de participar do escândalo.

Duas equipes foram rebaixadas devido ao seu envolvimento no caso de manipulação de resultados. Guangzhou e Chengdu Blades fraudaram jogos do Campeonato Chinês, segundo autoridades.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host