UOL Esporte Futebol
 
12/03/2010 - 12h28

Coritiba irá indicar Joinville como sede de seus jogos na Série B

Do UOL Esporte
Em Curitiba

O Coritiba irá indicar a cidade de Joinville, em Santa Catarina, como sede dos dez jogos que terá que jogar fora de Curitiba, em cumprimento à perda de dez mandos, aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

A intenção de jogar na Arena Joinville, na Série do B do Brasileiro, foi confirmada pelo vice-presidente do clube, Vilson Ribeiro de Andrade, em entrevista à Rádio CBN, na manhã desta sexta-feira.

O CORITIBA NO TWITTER

Segundo o dirigente, outras opções cogitadas se mostraram inviáveis, restando apenas a cidade catarinense como a melhor solução para o clube.

"Paranaguá está vetada, pois fica a menos de 100 quilômetros. Londrina e Maringá estão com estádios interditados e Cascavel  e a logística não permite, pois é muito longe. Então, sobra Joinville, que é uma praça próxima de Curitiba [130 quilômetros], tem um gramado excelente e está ávida para receber jogos de campeonatos nacionais", disse o dirigente.

Segundo Ribeiro de Andrade, a diretoria alviverde ainda não iniciou conversações com os catarinenses. Isto deverá acontecer na semana que vem, após uma reunião com o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury. A entidade estaria mostrando resistência a uma sede fora do Paraná, pois perderia receitas.

"Temos uma reunião na segunda-feira com o Hélio, mas nossa intenção é mesmo indicar Joinville. Temos certeza que a federação vai entender e concordar, pois se trata do interesse de um filiado", declarou.

Prejuízos 

Vilson Ribeiro de Andrade disse também que o clube irá cobrar os prejuízos, decorrentes da perda de mandos, da torcida Organizada Império Alviverde. Cálculos preliminares, segundo ele, apontam para um rombo de R$ 20 milhões nos cofres alviverdes, em consequência do quebra-quebra promovido por membros da organizada, em dezembro passado, no Couto Pereira.

"O Coritiba vai levantar todos prejuízos, a partir de agora, e entraremos com uma ação cível contra a Império. Ao todo são 15 mandos de jogos perdidos [contando com o Paranaense], que geram perda de receitas, fuga de associados e aumentam custos de viagens. Vamos acionar a torcida, que é uma empresa jurídica, e cobrar pelo prejuízo causado por este bando de marginais a clube centenário", disse.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host