UOL Esporte Futebol
 
17/03/2010 - 13h44

Robinho para por dez dias, não vai aos EUA, mas vê Santos garantir seu patrocínio

João Henrique Marques
Em Santos (SP)

O exame realizado na coxa esquerda de Robinho apontou para uma inflamação no músculo adutor. Com isso, o camisa 7 vai ficar afastado dos gramados por dez dias, e perder as próximas três partidas do time (Ituano, Botafogo-SP e Monte Azul) pelo Campeonato Paulista.

Devido à contusão, o atacante também não embarca para os Estados Unidos, na tarde desta quarta-feira. Os americanos desejavam a presença do craque mesmo sem que ele pudesse atuar no amistoso contra o Red Bull, sábado, em Nova Jersey.

“Recebemos um pedido dos americanos e ele iria apenas para cumprir os interesses comerciais. Só que em conversa com nossa comissão médica foi nos dito que isso não seria prudente, pois pode atrapalhar na recuperação do jogador. Entendemos que ele atuou como um menino da base ultimamente, querendo jogar, e cometeu alguns sacrifícios. Infelizmente agora vai ter que parar por dez dias” lamentou o presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, em entrevista ao UOL Esporte.

O Santos vai receber US$ 500 mil (aproximadamente R$ 880 mil) para participar do amistoso de inauguração do novo estádio da equipe americana, sábado, às 20h no horário local (19h de Brasília). A quantia foi assegurada antes da chegada do Rei das pedaladas. Após sua contratação, o alvinegro negociou cachê extra, em valor não revelado, para levá-lo ao jogo. Como isso não será possível, o alvinegro ficará apenas com o dinheiro assegurado inicialmente.

O SANTOS NO TWITTER

Robinho retornou ao Santos em janeiro graças a um projeto mirabolante do clube. Para pagar R$ 1 milhão mensais ao camisa 7, o alvinegro planejou vender seus direitos de imagem para empresas interessadas em utilizá-lo como garoto-propaganda para a Copa do Mundo. Segundo Luis Alvaro, os cotistas já estão assegurados.

“Não estamos mais negociando com ninguém. Temos todos os acordos finalizados. É que a não divulgação das empresas faz parte de uma questão estratégica. É compreensível imaginarmos que eles querem surpreender em seus anúncios com a imagem do Robinho” argumentou o presidente santista.

Em seus dois primeiros meses como atleta do Santos, o mandatário alvinegro garante que o clube encontrou outros meios de pagá-lo. “Nem o Robinho, nem nenhum outro atleta santista tem o salário, ou o direito de imagem atrasado” garantiu Luis Alvaro.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host