UOL Esporte Futebol
 
20/03/2010 - 16h28

MLS e jogadores firmam acordo por cinco anos a tempo de evitar greve

Das agências internacionais
Em Washington (Estados Unidos)

A Major League Soccer e os jogadores de futebol que jogam a competição chegaram a um acordo de cinco anos de trabalho para evitar a ocorrência de uma greve na próxima semana.

A União dos Jogadores da MLS prometeu fazer uma greve caso não houvesse acordo antes do dia 25 de março, quando se inicia a disputa da temporada de futebol na liga norte-americana.

Os negociadores começaram as conversas mais intensas na última quinta-feira, em Washington, e o acordo acabou assinado neste sábado. Com isso, a 15ª temporada da MLS começará no prazo.

O acordo vai garantir contratos para vários jogadores, aumentar a movimentação e a compensação dos jogadores em negociações. “Vai melhorar substancialmente”, afirma o diretor executivo da união dos jogadores da MLS, Bob Foose.

“Eu nunca vi um grupo de jogadores mais focado e comprometido com este nível de profissionalismo”, afirmou o presidente da MLS, Don Garber, durante o anúncio do acordo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host