UOL Esporte Futebol
 
26/03/2010 - 17h28

Santos comprova força do elenco e tem rendimento melhor sem Robinho

João Henrique Marques
Em Santos (SP)
  • Contra o Paulista, dia 4 de março, em Jundiaí, Robinho foi decisivo ao entrar em campo no 2º tempo e marcar o gol da vitória por 3 a 2. No entanto, rendimento sem o camisa 7 é melhor

    Contra o Paulista, dia 4 de março, em Jundiaí, Robinho foi decisivo ao entrar em campo no 2º tempo e marcar o gol da vitória por 3 a 2. No entanto, rendimento sem o camisa 7 é melhor

O aproveitamento do Santos, e o número de jogos da equipe, com e sem Robinho era exatamente o mesmo antes da partida contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Com a vitória no interior, a equipe santista passou a ter um rendimento melhor sem o camisa 7 em campo, e comprovou não ser dependente do atacante.

Robinho participou de nove partidas pela equipe desde o seu retorno. O duelo contra o Botafogo-SP foi o décimo jogo santista sem a presença do atacante. Como o número de pontos perdidos, cinco, é exatamente o mesmo com e sem o camisa 7, o Santos tem no momento 81,4% de aproveitamento com a presença do atacante, e 83,3% sem o mesmo em campo.

O Rei das pedaladas também não aumentou o rendimento ofensivo da equipe. Nos nove jogos em que atuou, o time marcou 30 gols, média de 3,3 por jogo. Sem ele, foram 34 gols marcados em dez jogos, média de 3,4.

Os únicos tropeços santistas sem contar com a atuação do Rei das pedaladas aconteceram no início da temporada. A equipe empatou com a Ponte Preta, por 1 a 1, na Vila Belmiro, e perdeu para o Mogi Mirim, por 2 a 1 no interior, no segundo e terceiro jogo, respectivamente, do ano.

O primeiro jogo de Robinho no Santos foi contra o São Paulo, dia 7 de fevereiro, na Arena Barueri. A sétima exibição da equipe na temporada. O alvinegro venceu a partida por 2 a 1, e também triunfou nos quatro jogos seguintes (Rio Claro, Bragantino, Mirassol e Naviraiense) com a presença do camisa 7.

Robinho esteve ausente na 12º partida santista na temporada: o clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro, dia 28 de fevereiro. Apesar disso, novamente o alvinegro demonstrou a força do elenco ao vencer o rival por 2 a 1.

O SANTOS NO TWITTER

Nos quatro duelos seguintes (Paulista, Portuguesa, Naviraiense e Palmeiras), a equipe voltou a contar com a presença do atacante da seleção brasileira. O empate em 1 a 1 com a Portuguesa, e a derrota para o Palmeiras, por 4 a 3, foram os únicos pontos perdidos pelo Santos com Robinho em campo.

Após o clássico contra o alviverde, o camisa 7 iniciou tratamento de uma tendinite no adutor curto da coxa esquerda. Com isso, ficou de fora dos últimos três jogos (Remo, Ituano e Botafogo-SP) da equipe. Apesar da ausência, o Santos venceu as três partidas.

Dorival Júnior já confirmou a ausência de Robinho na próxima partida, diante do Monte Azul, domingo, às 18h30min, na Vila Belmiro. O jogador segue em tratamento de uma tendinite no adutor curto da coxa esquerda e ficou de fora dos últimos três jogos da equipe. Ele tem retorno agendado ao time para o duelo contra o São Caetano, dia 4 de abril, no Pacaembu.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host