UOL Esporte Futebol
 
05/04/2010 - 22h14

Promotor pede suspensão de organizada do Corinthians, que pode ser vetada em estádios

Marcio Monteiro
Em São Paulo

Paulo Castilho, promotor do Ministério Público do Estado de São Paulo, sancionou nesta segunda-feira junto a Federação Paulista de Futebol (FPF) um pedido de suspensão da torcida organizada Gaviões da Fiel, do Corinthians, de entrar nos estádios de futebol após conflito entre membros da Gaviões com torcedores do Paysandu, na última quarta-feira.

“Passei o pedido nesta segunda diretamente para Marco Polo Del Nero (presidente da FPF). O pedido foi feito devido aos últimos acontecimentos da quarta-feira, quando eles brigaram com a torcida do Paysandu”, disse Castilho ao UOL Esporte.

O Corinthians nem mesmo jogou na quarta, mas representantes da Gaviões da Fiel entraram em conflito com os torcedores do Paysandu que acompanharam a equipe na derrota para o Palmeiras na Copa do Brasil. A briga teria acontecido como revanche para outra briga entre as duas organizadas em Belém, há cinco anos.

“Não sei ainda se a Federação aprovou a suspensão. Mas se não a fez hoje, deve fazer amanhã (terça-feira)”, declarou o promotor. A próxima partida do Corinthians é já nesta quarta-feira, pela última rodada do Campeonato Paulista, contra o Rio Claro, no Pacaembu. Se aprovada a suspensão, a torcida não poderá comparecer ao jogo.

Coincidentemente neste mesmo dia, a Gaviões da Fiel, por meio de seu site oficial, divulgou um comunicado convocando todos os sócios a comparecerem na quarta à Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo para debate sobre a volta dos bandeirões aos estádios de futebol do estado, o único que não permite a presença do artefato nos campos esportivos.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host