UOL Esporte Futebol
 
Almeida Rocha/FI

Roberto Carlos é um dos homens de confiança de Mano Menezes

10/04/2010 - 07h00

Com status de líder corintiano, R. Carlos celebra 37 anos e nível de Copa

Renan Prates
Em São Paulo

"CAMBALHOTA" POR VAGA NA COPA

  • Beto Costa/CBFS/Divulgação

    Em alta no Corinthians, o lateral-esquerdo Roberto Carlos não teve como fugir na coletiva de imprensa desta sexta das inevitáveis perguntas sobre um eventual retorno à seleção brasileira na Copa do Mundo. O jogador não escondeu o quanto ficaria feliz se isso acontecesse. "Se o fax chegar na minha casa, vou dar cambalhota".

O lateral-esquerdo Roberto Carlos comemora neste sábado 37 anos de vida. O experiente jogador celebra, além da nova idade, o status de um dos líderes do Corinthians e a volta do bom futebol que o credencia para a seleção brasileira.

Roberto Carlos agradeceu a imprensa por ter ‘ajudado’ a recolocá-lo na lista de selecionáveis do técnico Dunga, mas salienta que ele só poderá conquistar a sua posição no grupo da Copa do Mundo no campo.

“Agradeço a imprensa por ter dado valor ao que estou fazendo dentro de campo, mas deixa o Dunga resolver. Sei que estou bem, estou conseguindo jogar bem. Em relação a seleção hoje tem Michel, Gilberto, Marcelo, André Santos. Com 37 anos não sei se minha experiência contará. Sei que estou bem. Estando bem dá moral para ser um dos nomes da Copa do Mundo”.

O lateral do Corinthians contou que quando chegou ao clube no início deste ano só pensava em ter um bom retorno ao Brasil (ficou 15 anos na Europa), deixando a seleção brasileira no ‘segundo plano’. Mas agora, com a boa fase caracterizada, ele volta a pensar em ‘voos mais altos’ na carreira, apesar de manter a cautela.

DENTINHO DOA CHUTEIRA E CAMISA 10 MIL

  • Beto Costa/CBFS/Divulgação

    O atacante Dentinho recebeu nesta sexta-feira a placa comemorativa por ter feito o gol 10 mil da história do Corinthians. A 'cerimônia' aconteceu na sala de imprensa do Parque São Jorge.

"Quando assinei com o Corinthians disse não estava voltando pensando na Copa, mas sim em jogar bem no Corinthians. Hoje me sinto bem motivado, em uma fase muito boa da carreira. Entretanto, futebol não é assim. Futebol é dentro de campo”.

Como um dos líderes do grupo ao lado de Ronaldo, William e Felipe, Roberto Carlos reconhece que devido a queda precoce no Paulistão torna necessária a presença dos mais experientes no papel de ‘blindagem’ aos mais jovens do grupo com a imprensa.

“Não adianta colocar mais jovens para falar, porque estão muito sujeito a críticas. A gente tenta passar para vocês o que conversa dentro do vestiário. O que eu estou fazendo agora, o Mano, Ronaldo, William e Felipe é importante nos momentos mais difíceis. Os mais experientes têm que passar calma para a torcida”.

Roberto Carlos celebrou poder curtir o seu aniversário de uma forma diferente depois de 12 anos comemorando da mesma forma. “Estou esperando um ambiente gostoso de clube. Nos últimos 12 anos, todos os aniversários eu tenho celebrado ou viajando, jogando ou treinando. Desta vez vai ser um aniversário diferente. Vou curtir aqui sábado com eles, depois vou para o Interior ver meus filhos”.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host