UOL Esporte Futebol
 
15/04/2010 - 23h18

Jogador é detido em São Paulo acusado de assalto a mão armada e extorsão

Das agências internacionais
Em São Paulo

O meia brasileiro Luiz Ronei Braz Vieira, de 19 anos, foi preso nesta quinta-feira em São Paulo por assalto a mão armada e extorsão. O jogador faz parte da equipe juvenil do Querétaro, equipe que disputa a primeira divisão do Campeonato Mexicano.

De acordo com o delegado Antonio Carlos Heib, do Departamento de Repressão a Furto Qualificado, Ronei e outro suspeito invadiram na última terça-feira uma casa no bairro de Ermelino Matarazzo, zona Leste de São Paulo, e levaram joias e eletrodomésticos. Depois do crime, a dupla passou a extorquir as vítimas por telefone.

“Os moradores da casa nos contaram o terror pelo qual passaram nas mãos do jogador”, disse Heib, que relatou que os assaltantes ameaçaram cortar os dedos do filho menor da família. O garoto, de dez anos, é um pianista de talento.

O delegado apresentou o áudio as conversas telefônicas interceptadas pela polícia em que Ronei pede 30 mil reais para evitar a mutilação do jovem. A mãe do garoto ofereceu pagar metade da quantia.

A polícia prendeu um jovem de 14 anos encarregado de receber a quantia, que delatou os autores do assalto. Depois de sua detenção, o jogador disse que está em São Paulo há dois meses esperando renovar seu contrato.

Ronei teve boa passagem pelo Querétaro, marcando oito gols pela equipe juvenil. Segundo Heib, seus direitos federativos estariam avaliados em US$ 500 mil.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host