UOL Esporte Futebol
 
15/04/2010 - 07h06

Botafogo comemora fato da Taça das Bolinhas não ter ficado com o Fla

Pedro Ponzoni
No Rio de Janeiro

A confirmação de que a Taça das Bolinhas ficará mesmo com o São Paulo chegou a ser comemorada pelos jogadores do Botafogo. Caio e Fahel encarnaram o espírito do torcedor e chegaram a dizer que é bom ver o Rubro-Negro perder uma conquista. Isto porque, como a CBF não confirmou o título de 1987, o clube da Gávea não pode ser considerado hexacampeão brasileiro.

“Gostei de saber disso. Tem que deixar nosso rival com cinco títulos em vez de seis. Diminuindo um título está ótimo”, brincou o atacante Caio.

Fahel não fugiu muito da linha do companheiro. No entanto, o volante não quis entrar em polêmica quando perguntado se a decisão da CBF foi justa.

“Quanto menos título para eles é melhor, né? Mas de qualquer forma, no futebol se ganha no campo. Se eles realmente venceram dentro das quatro linhas, ninguém tira esse título. Porém, como isso foi decidido fora do campo acho complicado falar porque a parte política entrou em jogo”, afirmou.

Nessa semana que os torcedores do Flamengo receberam essa notícia ruim, o Botafogo pode deixá-los ainda mais chateados. Isto porque, no domingo as duas equipes jogam no Maracanã, pela final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Estadual. Caio e Fahel não querem deixar de conquistar esse título.

“Esse taça tem que vir para General Severiano. Vamos jogar por nossas vidas para conquistar esse título e apagar muita coisa. Nos três últimos anos o Botafogo perdeu o título. Espero deixar o campo com essa conquista no domingo”, disse Caio.

BOTAFOGO NO TWITTER

“O objetivo é esse. Vamos dar nossa vida para vencer a partida. Porém, precisamos ficar atentos porque eles são os atuais campeões brasileiros e tem muita qualidade. Vamos dar nosso melhor para impedir mais um título do Flamengo”, completou Fahel.

A polêmica pela Taça das Bolinhas teve início em 2007, quando o São Paulo ganhou o Brasileiro pela quinta vez na sua história. Entretanto, o Flamengo reivindicou o troféu por se proclamar penta antes, em 1992. O problema é que a CBF ignora a conquista rubro-negra da Copa União de 1987, um campeonato organizado pelo Clube dos 13. Judicialmente, o Sport é o campeão nacional daquele ano, pois ganhou o certame promovido pela CBF.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host