UOL Esporte Futebol
 
22/04/2010 - 20h22

Na reapresentação do Flamengo, o silêncio impera entre os jogadores

Bernardo Feital
No Rio de Janeiro
  • Andrade não estava de bom humor no treino do Flamengo. Treinador vem sendo coberto por críticas

    Andrade não estava de bom humor no treino do Flamengo. Treinador vem sendo coberto por críticas

Enquanto a indefinição reinava na Zona Sul, com a reunião para definir o futuro da cúpula rubro-negra e do técnico Andrade, os jogadores do Flamengo se reapresentaram no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste, nesta quinta-feira. Diante da crise fomentada no clube da Gávea, os jogadores preferiram adotar a tática do silêncio. O treinador tomou o mesmo rumo e ainda por cima se escondeu de fotos e filmagens da imprensa carioca. Sobrou para o gerente de futebol Isaias Tinoco, que foi o porta voz do grupo, que ainda vive a pressão da perda do Estadual e da campanha irregular na Libertadores.

Em campo, apenas os reservas do Flamengo disputaram um animado coletivo, que contou com a presença de Petkovic. Os titulares fizeram o tradicional trabalho regenerativo. Adriano e Vagner Love se reapresentaram, mas pouco ficaram nas dependências do centro de treinamento.

O FLAMENGO NO TWITTER

“Temos todo um planejamento preparado. Se houver mudanças ou não, já estamos deixando todo um cronograma certo.Temos de lembrar que estamos tratando de seres humanos e não máquinas”, acrescentou.

O cartola ainda defendeu o elenco rubro-negro. Ele disse que tem um grupo de bastante qualidade e que o rendimento técnico na temporada é muito bom, mesmo com todos os resultados adversos.

“Não conseguimos o título do Estadual, mas, se fosse por pontos corridos, estaríamos em primeiro. Na Libertadores, o Flamengo tropeçou apenas uma vez nesta competição: quando levou o gol aos 47 minutos do segundo tempo, no Maracanã”, confirmou, se referindo ao embate contra o Universidad do Chile, que terminou empatado em 2 a 2.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host