UOL Esporte Futebol
 
25/04/2010 - 22h07

Na festa do Botafogo, Joel Santana 'ignora' amistoso e ressalta a vitória

Pedro Ponzoni
No Rio de Janeiro

FESTA TOTAL NO ENGENHÃO

  • Pedro Ponzoni/UOL Esporte

    Torcida do Botafogo faz uma "volta olímpica" com as suas bandeiras

  • Pedro Ponzoni/UOL Esporte

    Torcedor do Botafogo tira foto com o troféu da Taça Rio no estádio

A festa pelo título estadual foi completa. Afinal o Botafogo derrotou o Corinthians por 3 a 1, em amistoso, neste domingo, no Engenhão. Mas para o técnico Joel Santana, que deixou a torcida apreensiva por uma possível ida para o Flamengo, não há brincadeira quando a bola rola.

“Vencemos porque jogamos melhor. E não podíamos convocar a torcida para este jogo de entrega das faixas e perder. Antes era chato, pois víamos faixas de torcedores ao contrário no estádio. Agora, a festa vai começar. Nas quatro linhas sempre vale”, afirmou.

O treinador alvinegro disse que aproveitou o amistoso para fazer algumas observações no time, que pega o Coritiba em novo amistoso, no domingo, no Couto Pereira. Joel Santana analisou o retorno de Lucio Flavio, que não jogava desde o dia 1º de abril por causa de uma fratura na mão esquerda.

“Ele voltou bem e colaborou muito para o nosso bom desempenho. Sandro Silva também entrou bem na direita e gostaria de ter feito mais substituições, mas o regulamento não permitia. Após esta partida, ficaremos somente uma semana da nossa estreia no Campeonato Brasileiro e quero aproveitar para analisar mais”, disse, acrescentando sobre o desempenho do Corinthians no amistoso.

“Enfrentamos uma grande equipe. Os volantes do Corinthians têm vaga em qualquer time. Além disso, Souza é o tipo do jogador que incomoda muito e Jorge Henrique é muito habilidoso, costura o tempo todo”, emendou.

BOTAFOGO NO TWITTER

De acordo com o treinador, o Campeonato Estadual serviu para começar a ajudar na preparação do time para o Brasileiro. Segundo ele, o time do Botafogo ainda não está totalmente pronto para encarar a competição nacional.

“Nosso grupo está 80% pronto e verei o que precisamos para reforçar. Não gosto de falar sobre jogadores que não estão, pois é sempre preciso assinar primeiro. Nossa diretoria está trabalhando”, encerrou o treinador alvinegro, que foi muito aplaudido pelos torcedores.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host