UOL Esporte Futebol
 
27/04/2010 - 14h24

Guerreiro pede desculpas por não ter passado braçadeira a Lucio Flavio

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro

Na ausência de Lucio Flavio, que quebrou um dedo da mão esquerda e ficou cerca de 20 dias afastado dos gramados, Leandro Guerreiro assumiu a braçadeira de capitão. O jogador se manteve assim até mesmo no amistoso de domingo (vitória do Glorioso por 3 a 1 sobre o Corinthians), quando o ‘maestro’ retornou ao time, entrando no segundo tempo.

Na ocasião, Guerreiro seguiu como capitão, mas se arrependeu. Inebriado pelo calor do jogo, ele não lembrou de prestar uma homenagem ao companheiro e pediu desculpas por isso.

“Eu deveria ter passado a braçadeira para ele, mas no momento não me toquei disso. Estávamos no meio do jogo. Não lembrei mesmo”, disse o volante, que comemora o fato de Lucio Flavio estar voltando à ativa.

BOTAFOGO NO TWITTER

“Ele é muito importante. Além de ser um grande jogador, é muito importante fora de campo, na conversa com os jogadores. Apesar de ele estar fora das finais, reuniu o grupo, orientou. Mesmo sem jogar, ele teve um papel fundamental”, disse Guerreiro, à Rádio Brasil.

Apesar de toda a moral que Lucio Flavio tem com o grupo, a diretoria do Botafogo não parece muito satisfeita com ele. Por isso, vem procurando um jogador para assumir a posição e dar mais tranquilidade ao técnico Joel Santana. Maicosuel, do Hoffenreim, da Alemanha, é o nome mais cotado.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host