UOL Esporte Futebol
 
24/05/2010 - 09h01

Antes mesmo de ser apresentado, José Mourinho já age pelo Real Madrid

Rodrigo Bueno
Da Folhapress
Em Madri (ESP)

O técnico José Mourinho, 47, acordou no domingo livre da Inter de Milão e da Itália e deve ser oficializado como treinador do Real Madrid até quarta-feira. A expectativa é que ele seja apresentado no clube já na sexta, pois quer preparar o mais rapidamente possível a próxima temporada.

Como cobra um preço muito alto, na verdade Mourinho nem tinha muitas opções de trabalho, uma vez que não demonstra ainda vontade de comandar uma seleção. O português custa 10 milhões de euros por ano, o que equivale a pouco mais de R$ 23,5 milhões, fora os ganhos com publicidade e os com a exposição de sua imagem. Desse modo, quase nenhum clube tem condição de bancá-lo.

Desesperado para voltar a ser protagonista no futebol mundial, o Real quer gastar menos com atletas na temporada 2010/2011, apostando na comissão técnica mais badalada da atualidade.

"O Real Madrid foi o único clube que mostrou interesse em mim", falou Mourinho ao diário espanhol Marca, que leva a fama de ser muito próximo do time merengue e que "ganhou" uma entrevista exclusiva do treinador.

Mourinho já tem algumas questões importantes para resolver no Real, o que faz com que seu acerto com o time galáctico tenha sido acelerado nas últimas horas, mesmo em meio à final da Liga dos Campeões, na qual ele tirou a Inter de um jejum de 45 anos sem título do principal interclubes europeu. O time italiano ficou com o título ao vencer o Bayern de Munique por 2 a 0 na final, disputada, coincidentemente, no estádio do Real Madrid, o Santiago Bernabéu.

Maicon ainda tem contrato com a Inter e sua contratação, que era dada como certa pelo Real, não será tão fácil como se imaginava. E Mourinho praticamente exige o lateral brasileiro no plantel.

Alguns outros nomes, como Lampard (Chelsea), David Silva (Valencia) e Miguel Veloso (Sporting), estão sendo especulados no possível Real de Mourinho. Guti está de saída, e Raúl, outro velho ídolo do clube, também.

Facilitador

O título continental da Inter era algo que a cúpula do Real desejava, pois isso era visto como um facilitador para a aquisição do técnico.

Parte da verba pode sair de cláusula do contrato de Sneijder com o time italiano. Se o meia fosse campeão europeu, 3 milhões de euros iriam para o clube espanhol.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host