UOL Esporte Futebol
 
26/05/2010 - 11h58

Invasão de torcedores do Vasco pode acarretar na saída de Rodrigo Caetano

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro
  • Após o incidente de terça-feira, Rodrigo Caetano deverá mesmo deixar o cargo de diretor executivo

    Após o incidente de terça-feira, Rodrigo Caetano deverá mesmo deixar o cargo de diretor executivo

A invasão de cerca de 30 torcedores ao treinamento do Vasco pode ser o estopim para que o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, deixe o clube cruzmaltino. Ao tomar conhecimento de que o grupo estava no local não só para cobrar como também agredir os jogadores, o dirigente deu a entender que um gesto mais truculento acarretaria no seu pedido de demissão.

O dirigente foi convidado a deixar o local para que os torcedores gesticulassem com o grupo de jogadores pedindo um maior empenho para que o clube não volte ao drama de disputar a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

O episódio abalou Rodrigo Caetano de tal forma que o dirigente sequer assistiu ao treinamento da tarde de terça-feira, fato que faz regularmente. Seu destino era a sala da presidência do clube e lá cobrou explicações.

Roberto Dinamite prometeu que o erro de segurança não se repetirá em São Januário. Contudo, a promessa do presidente dificilmente mudará a cabeça de Rodrigo Caetano, que está valorizado no mercado e desperta interesse em Flamengo e Fluminense.

O VASCO NO TWITTER

Somam-se a estes fatos a falta de condições financeiras do clube de São Januário para a contratação de grandes jogadores o que teria causado um desgaste ainda maior entre Rodrigo e os demais componentes da diretoria cruzmaltina.

Está programada para esta quarta-feira uma conversa entre o presidente Roberto Dinamite, o vice de futebol do Vasco, José Hamilton Mandarino, para demover a ideia de Rodrigo Caetano de deixar o clube de São Januário.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host