UOL Esporte Futebol
 
15/06/2010 - 07h02

Saída de André inicia desmanche do "ataque dos mais de 100 gols"

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • André vai jogar na Ucrânia e foi o primeiro a sair. Robinho também pode deixar o clube

    André vai jogar na Ucrânia e foi o primeiro a sair. Robinho também pode deixar o clube

O temido desmanche do “ataque dos mais de 100 gols” começou no Santos. O primeiro foi André, negociado nesta segunda-feira com o Dynamo de Kiev, da Ucrânia. Robinho deve ser o próximo, após a decisão da Copa do Brasil. E o time da Vila Belmiro corre o risco de perder outros atletas que brilharam neste primeiro semestre.

Esse era o maior temor do presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. Em recentes entrevistas, o mandatário deixou claro que pretendia manter as principais estrelas da equipe que anotou 123 tentos no primeiro semestre. Não queria perdê-los antes de uma possível participação na Copa Libertadores. Não teve jeito.

Uma proposta de 8 milhões de euros (quase R$ 18 milhões), como apurou o UOL Esporte, feita pelo Dynamo de Kiev foi suficiente para levar André, responsável por 26 gols dessa impressionante marca da equipe. Apesar disso, o atacante disputará a decisão da Copa do Brasil, diante do Vitória.

Quem também estará em campo nas duas partidas decisivas e, após isso, deverá retornar para o futebol europeu é Robinho. A imprensa estrangeira noticiou que o atacante da seleção brasileira não descarta um retorno para o Manchester City e até mesmo atuar no Besiktas, da Turquia, reencontrando o técnico Bernd Schuster, com quem trabalhou no Real Madrid.

Outros jogadores continuam sendo sondados para deixar o time da Vila Belmiro. Recentemente, o Werder Bremen, da Alemanha, enviou representantes para observar o atleta Wesley e teria oferecido 5 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões). Especula-se que a equipe paulista teria recusado a oferta por considerar “baixa”.

Já Paulo Henrique Ganso e Neymar, duas das principais estrelas do time de Dorival Junior, têm multas rescisórias exorbitantes. E isso faz com que a diretoria fique mais “tranquila” para não perdê-los neste momento. A do meia é de 50 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões), enquanto a do atacante é de 35 milhões de euros (aproximadamente R$ 75 milhões).

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host