UOL Esporte Futebol
 
25/06/2010 - 09h00

Cruzeiro admite que só lhe resta esperar pela definição de Riquelme

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Cruzeiro continua aguardando a definição de Riquelme, que comemorou 32 anos

    Cruzeiro continua aguardando a definição de Riquelme, que comemorou 32 anos

A diretoria do Cruzeiro, que esperava definir a situação de Riquelme até a última terça-feira, demonstra disposição para esperar pelo meia argentino até quando for necessário. De acordo com o gerente de futebol celeste, Valdir Barbosa, a única possibilidade de a contratação do armador ser efetivada será se fracassar a negociação para renovação de contrato dele com o Boca Juniors.

“Conversei com o Sorín, que está intermediando essa negociação e tem colaborado muito com a gente, esteve em Bueno Aires e entregou a proposta oficial assinada pelo presidente Zezé Perrella, conversou com o Riquelme várias vezes, enquanto o Boca não resolver com ele não adianta”, afirmou Valdir Barbosa, em entrevista à Rádio Itatiaia, no início da noite desta quinta-feira.

O dirigente cruzeirense admitiu que o Cruzeiro está tentando atravessar a permanência de Riquelme no clube argentino. “O Boca é nosso concorrente”, afirmou. “Estamos atrapalhando o Boca nesse momento, mas vamos aguardar, fazer o quê, mexer com craque dá nisso. Continuamos na expectativa dele dizer acertei ou não acertei. A proposta está na mão dele”, acrescentou Valdir Barbosa, na mesma entrevista.

O gerente de futebol já havia afirmado à Rádio Globo, em outra entrevista, que Riquelme foi muito claro ao dizer que sua intenção é permanecer no Boca Juniors e que só em caso de fracasso na negociação para renovar seu compromisso é que poderá aceitar se transferir para o Cruzeiro.

“Ele tem a proposta do Cruzeiro e a gente tem de esperar, não tem o que fazer. Não adianta conversar com o Boca, que não vai querer conversar, o Riquelme só volta a conversar com a gente quando tiver definição com o Boca, então o que podemos fazer é aguardar”, explicou.

A renovação de contrato de Riquelme com o Boca Juniors já vem se arrastando algumas semanas. Na última quarta-feira, o Conselho Deliberativo do clube argentino reuniu-se para decidir se aceitará a exigência do jogador em renovar o contrato do jogador por mais três temporadas. Porém, o mistério quanto à renovação do jogador continua. O resultado da reunião não foi informado.

Valdir Barbosa destacou que a diretoria celeste não irá fazer qualquer tipo de pressão. “Não vamos colocar a faca no pescoço do Riquelme, não adianta e não podemos fazer isso. Vamos aguardar, porque podemos falar que esperamos até amanhã e não ter uma definição rápida. O mercado está parado nesta época de Copa do Mundo, ninguém está contratando, então temos de ficar no aguardo”, enfatizou Valdir Barbosa.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host