UOL Esporte Futebol
 
30/06/2010 - 13h30

Mourinho defende C. Ronaldo: 'não vou pôr toda a responsabilidade sobre ele'

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Um dia depois de Portugal dar adeus à Copa do Mundo, o técnico português do Real Madrid, José Mourinho, saiu em defesa do principal jogador da seleção de seu país e atleta do time espanhol. O treinador amenizou as críticas sobre Cristiano Ronaldo pelo mau desempenho na derrota por 1 a 0 para a Espanha pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Mourinho ainda criticou o técnico da seleção portuguesa, Carlos Queiroz, que teria deixado sobre Cristiano Ronaldo toda a responsabilidade pela eliminação. “Eu sou o treinador do Real Madrid e Cristiano Ronaldo é meu jogador. Tenho o direito de fazer o que fiz desde o início do Mundial, um comentário simples: no meu time, quando ganhamos, todos ganham. Quando perder, eu perco”, disse.

“Assim, Cristiano pode descansar e desfrutar de suas férias, porque na próxima temporada não vou deixar ninguém colocar-lhe todas as responsabilidades de uma equipe”, acrescentou o treinador ao jornal espanhol AS.

Cristiano Ronaldo se despediu da Copa do Mundo na África do Sul com apenas um gol marcado. Ele balançou as redes na goleada por 7 a 0 sobre a Coreia do Norte, na primeira fase. Aquela foi a única das quatro partidas disputadas em que a seleção portuguesa marcou gols.

Após a derrota para a Espanha, que decretou a queda de Portugal, Cristiano Ronaldo deu uma cusparada em direção a um cinegrafista que o acompanhava na saída de campo. Ao deixar o estádio Green Point, o jogador atribuiu a Carlos Queiroz a responsabilidade por explicar a eliminação.

Informado das declarações de Cristiano Ronaldo, o treinador rebateu: “Se a camisa for pequena demais para um corpo, ele não precisa estar aqui”, disse em entrevista ao jornal Record.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host