UOL Esporte Futebol
 
04/07/2010 - 17h54

Com pênalti ao estilo 'Loco Abreu', Santos vence Ferroviária em amistoso

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Neymar abusou da categoria e repetiu o estilo da cobrança de pênalti do uruguaio “El Loco Abreu” na Copa do Mundo para inaugurar o placar no amistoso contra a Ferroviária, na cidade de Araraquara, na Arena Fonte Luminosa. Outros dois "meninos da Vila" - Alan Patrick e Breitner - foram os responsáveis pelos outros dois gols da vitória por 3 a 0 do Santos, neste domingo.

HOMENAGEM A DORIVAL JÚNIOR

  • ferroviariasa.com

    Antes do jogo, o técnico Dorival Júnior recebeu uma homenagem da diretoria da Ferroviária, clube pelo qual iniciou sua carreira como jogador profissional, justamente em um duelo contra o Santos

O duelo tinha como objetivo preparar a equipe santista para as duas finais da Copa do Brasil, contra o Vitória, nos dias 28 de julho (na Vila Belmiro) e no dia 4 de agosto (no Barradão), além dos quatro confrontos anteriores pelo Campeonato Brasileiro, sendo dois deles clássicos paulistas: Palmeiras, Fluminense, Atlético-PR e São Paulo.

A equipe do Santos não jogava na cidade de Araraquara há 14 anos, desde 1996, quando venceu a Ferroviária por 3 a 0 em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Neste domingo, o técnico Dorival Júnior – que iniciou sua carreira como jogador na Ferroviária - escalou o time da seguinte maneira: Rafael, Pará, Durval, Bruno Aguiar e Alex Sandro; Arouca, Wesley, Alan Patrick, Mádson; Neymar e André.

Até mais da metade da etapa inicial, o morno duelo entre Santos e Ferroviária tinha o time da casa como o mais ‘perigoso’, com uma boa chance defendida pelo goleiro Rafael logo no primeiro minuto, além de outra oportunidade cortada por Bruno Aguiar. Porém, aos 35min, Wesley invadiu a área e foi derrubado pelo defensor da Ferroviário. Pênalti.

Na cobrança, o atacante Neymar, ao melhor estilo “El Loco Abreu”, bateu com cavadinha e ‘matou’ o goleiro, abrindo o placar. Dois minutos depois, o meia Mádson recebeu dentro da área e deu ótima assistência para Alan Patrick, de primeira, bater de direita e ampliar.

Na etapa final, Dorival Júnior começou a ‘testar’ seu elenco e trocou praticamente o time inteiro. Maranhão (no intervalo), Zé Eduardo, Marcel, Roberto Brum, Breitner, Vinícius, Zezinho, Renan Mota e o goleiro Felipe (durante o segundo o tempo) entraram na equipe. O terceiro e único gol do segundo tempo saiu apenas aos 44min, com um golaço de falta de Breitner, que curiosamente discutiu com Bruno Aguiar para decidir quem iria para a cobrança.

"Foi positivo [o amistoso]. A gente estava com saudade de fazer gols, de vestir a camisa do Santos", afirmou o atacante Neymar, que voltou a demonstrar sua vontade de permanecer no clube da Baixada Santista e disse não saber da proposta do West Ham pelo seu futebol.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host