UOL Esporte Futebol
 
04/07/2010 - 11h04

Empresário de Maicon rebate presidente da Inter e diz que falta respeito com o jogador

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Pretendido pelo Real, empresário de Maicon reclama de dificuldade em negociar com a Inter

    Pretendido pelo Real, empresário de Maicon reclama de dificuldade em negociar com a Inter

O empresário do lateral-direito Maicon, Antonio Caliendo rebateu a diretoria da Internazionale de Milão, que disse temer que o jogador por rebeldia declare que queira se transferir para o Real Madrid, que já mostrou interesse em contar com o jogador nesta temporada.

“Eu li nos jornais dizendo que Moratti não aceita vender o Maicon por um valor inferior a 35 milhões de euros, o que significa que Maicon não é intransferível e está no mercado”, disse Caliendo em entrevista a estação Itália 7 gold.

Para o empresário do jogador, a diretoria do time italiano vem faltando ao respeito com Maicon. “Então eu acho que deveriam deixar o jogador dizer o que deseja fazer, está faltando muito respeito, falando muitas coisas que não deve”, rebateu Antonio Caliendo.

Maicon teria revelado ao técnico do Real Madrid, José Mourinho, o desejo de se transferir para equipe espanhola para continuar a ser comandado pelo português. O presidente da Internazionale manteve o mistério na sequência do jogador. “Eu não sei se o Maicon vai ficar”, disse Moratti.

Antonio Caliendo reclamou que a diretoria do time italiano vem deixando a negociação do brasileiro de lado. Segundo ele, vem encontrando dificuldade em negociar o futuro de Maicon. “Às vezes parece que a Inter não tem líder. Ele não tem nem cinco minutos para falar do Maicon”, rebateu.

Apesar da diretoria da Inter de Milão destacar que não recebeu nenhuma proposta pelo jogador, o Real Madrid estaria disposto a pagar 35 milhões de euros para contar com Maicon, que foi um pedido especial do técnico da equipe, José Mourinho.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host