UOL Esporte Futebol
 
17/07/2010 - 10h42

Ferguson revela ter recusado duas vezes o cargo de treinador da Inglaterra

Das agências internacionais
Em Londres (Inglaterra)

Treinador do Manchester United, o escocês Alex Ferguson, afirmou em entrevista à TSN que lhe ofereceram duas vezes o cargo de treinador da seleção da Inglaterra, mas ele negou por classificar o trabalho como um “cálice envenenado”.

“Me ofereceram o cargo de treinador da Inglaterra duas vezes, mas naturalmente eu rechacei. De todas as maneiras é um cálice envenenado. É um trabalho horrível. Além disso teria me prejudicado o fato de ser escocês”, afirmou Ferguson, que derrotou o Celtic por 3 a 1 na sexta-feira em amistoso disputado pelo Manchester United na pré-temporada em Toronto.

Após o fracasso da seleção inglesa na Copa do Mundo, quando caiu nas oitavas de final contra a Alemanha por 4 a 1, o treinador italiano Fabio Capello recebeu várias críticas, mas Ferguson explicou que o fracasso ocorre pelo alto nível que tem o Campeonato Inglês.

“A temporada inglesa é desgastante. Veja o mês de dezembro, quando se jogam oito ou nove partidas sabendo que é o pior momento do ano para o gramado, quando é mais duro e há mal tempo”, afirmou o treinador de 68 anos.

“Quando os jogadores chegam ao final da temporada e há um torneio importante, como a Copa do Mundo, não estão 100%”, explicou o escocês Alex Ferguson, que comanda o Manchester United desde 1986.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host