UOL Esporte Futebol
 
19/07/2010 - 18h26

Encontro com Chávez na Venezuela adia definição de futuro de Maradona

Das agências internacionais
Em Buenos Aires (Argentina)
  • Maradona permanece sem falar sobre seu futuro desde a eliminação argentina na Copa do Mundo

    Maradona permanece sem falar sobre seu futuro desde a eliminação argentina na Copa do Mundo

O mistério sobre o futuro de Diego Armando Maradona ainda não tem data para terminar. O técnico argentino passou a segunda-feira planejando sua viagem para a Venezuela e ainda não encontrou o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), Julio Grondona.

O mandatário falou na semana passada que pretende oferecer uma extensão de quatro anos no contrato do treinador, para que Maradona comande a seleção argentina na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

O encontro para oficialização do pedido de permanência ocorreria no início desta semana. No entanto, Maradona passou o dia planejando sua viagem para a Venezuela. Durante seu programa dominical, o presidente Hugo Chávez revelou a visita do amigo argentino.

A AFA informou que a viagem deve adiar a definição do futuro de Maradona. O técnico não fala de seus planos desde a eliminação da Argentina diante da Alemanha nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

Campeão mundial com a Argentina em 1986, Maradona é amigo do líder venezuelano, e visitou o país pela última vez no começo de 2009. O ex-jogador participou de atos políticos para a celebração dos dez anos do governo Chávez, enquanto ocorria uma campanha eleitoral para alterar a constituição do país.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host