UOL Esporte Futebol
 
24/07/2010 - 22h46

Para Luxemburgo, Mano Menezes dirigirá seleção brasileira por merecimento

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Luxemburgo destaca a escolha de Mano Menezes (f) pela CBF

    Luxemburgo destaca a escolha de Mano Menezes (f) pela CBF

Preterido pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, na escolha pelo novo técnico da seleção brasileira, Vanderlei Luxemburgo aprovou a opção por Mano Menezes, que passará a comandar o time nacional a partir da próxima segunda-feira.

“Quem escolhe é o presidente, e escolheu o técnico que está aí vencendo, ocupando espaço por merecimento”, analisou Luxemburgo. Mano Menezes foi o escolhido por Ricardo Teixeira após Muricy Ramalho não ser liberado pelo Fluminense para comandar a seleção brasileira e recusar o convite feito pelo presidente da CBF.

Em entrevista coletiva após comandar o Atlético-MG em empate sem gols com o Avaí, em Florianópolis, Vanderlei Luxemburgo fez diversas críticas ao presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sergio Correa, que classificou como “incompetente”. O treinador disse que o dirigente não gosta dele. Questionado se teria um desafeto também na CBF, o treinador se irritou com a relação.

“Não tem nada a ver uma coisa com a outra. Falei arbitragem e você CBF. A CBF escolhe o técnico que quiser. Só porque não escolheu a mim é que tenho desafeto lá dentro? Em momento algum, eu falei isso. Eu não direcionei à CBF, direcionei ao Sergio Correa”, afirmou o treinador do Atlético.

Vanderlei Luxemburgo ratificou críticas ao presidente da Comissão Nacional de Arbitragem feitas em resposta anterior. “Meu negócio é o Sergio Correa, não porque ele está mandando roubar o Luxemburgo, é porque acho ele incompetente. Acho que ele não pode comandar a arbitragem no Campeonato Brasileiro e as equipes tendo prejuízo”, complementou.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host