UOL Esporte Futebol
 
24/07/2010 - 09h20

Técnico de Portugal pode ser demitido por insultar médicos, segundo jornal

Das agências internacionais
Em Lisboa (Portugal)

Carlos Queiroz, treinador da seleção portuguesa, corre risco de ser demitido por justa causa. De acordo com o jornal Record, o técnico teria insultado médicos do controle antidoping antes da Copa do Mundo.

O incidente ocorreu em 16 de maio, quando Luis Horta, presidente da comissão antidoping de Portugal, e os médicos foram ao local no qual a seleção portuguesa estava concentrada, na cidade de Covilhã. Queiroz os teria insultado.

Laurentino Dias, secretário de Estado da Juventude e Esportes, recebeu um relatório sobre o que aconteceu e o repassou à Federação Portuguesa. Segundo o Record, Dias comentou que “se os fatos não fossem graves, não seria aberta uma investigação” sobre eles.

Já o diário A Bola afirmou que o “caso Queiroz” preocupa o governo português.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host