UOL Esporte Futebol
 
01/08/2010 - 16h11

PSG empata no final e "dá" o título do Torneio de Paris para o Bordeaux

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Torneio de Paris deixou o melhor para o final. PSG e Roma fizeram uma ótima partida, com muitas opções para ambas as equipes e fecharam o torneio com o jogo mais movimentado dentre os quatro realizados. A Roma seguia vencendo a partida até os 51 minutos do segundo tempo, quando Hoarau empatou o jogo. Logo após o gol, o árbitro Stéphane Lannoy, que havia indicado apenas três minutos de acréscimos, encerrou o confronto sob protestos dos jogadores italianos. 

O resultado era o que o Bordeaux precisava para se sagrar campeão do torneio. Os dois times franceses atingiram os quatro pontos, mas o Bordeaux fez três gols, contra apenas dois do PSG e ficou com a taça. 

As duas equipes entraram em campo para tentar definir o jogo logo no início e não faltaram oportunidades. Aos 14 minutos, na primeira grande chance do PSG, Clémente deu ótimo passe para Nenê que chutou forte para a defesa do goleiro Julio Sérgio.

Nenê foi a melhor opção ofensiva do time francês em todo o primeiro tempo. Dois minutos depois da boa chance perdida, o brasileiro lançou Giuly na direita. Ao invés de chutar, o atacante preferiu tocar para Luyindula, que se enrolou com a bola e perdeu boa oportunidade.

A Roma respondeu com muito perigo aos 18. Vucinic entrou driblando a zaga e na linha de fundo tocou para Totti na pequena área. O veterano atacante italiano foi prensado por Touré e não conseguiu finalizar com precisão. Um minuto depois, outra ótima chance para a Roma. Ménez passou como quis por Jallet, mas na hora de definir, Coupet saiu bem para a dividida e evitou o primeiro gol italiano.

O PSG voltou a ameaçar aos 35 minutos. Nenê bateu escanteio na cabeça de Hoarau, mas em cima da linha Greco evitou o gol. No córner em seguida, Nenê, de novo, chutou forte, mas Julio Sérgio estava muito bem colocado e fez a defesa.

A Roma respondeu com Totti, aos 39. O atacante recebeu livre na área e chutou de primeira, mas Coupet fez excelente defesa. Aos 45, outra grande oportunidade. Em cobrança de falta, Riise chutou de longe, com muito efeito, e Coupet defendeu, mas espalmou para trás e quase tomou um frango.

Se o primeiro tempo teve ótimas chances, mas nenhum gol, a segunda etapa já começou com as redes balançando. Riise desceu pela esquerda e cruzou rasteiro para Greco completar livre dentro da área e abrir o marcador.

Cinco minutos depois, a chance de ouro para ampliar. Perrotta foi derrubado por Makonda na área e o árbitro marcou o pênalti. Totti cobrou e fez, mas houve invasão e a cobrança foi invalidada. Na segunda chance, o atacante repetiu o canto, mas Coupet pulou certo e defendeu.

O goleiro francês ainda evitou o segundo gol um minuto depois, com uma linda defesa em cobrança de falta de Vucinic que espalmou para escanteio.

O PSG demorou a voltar para o jogo e só aos 18 minutos ameaçou o gol italiano com perigo. Bodmer chutou de longe a bola foi no travessão, sem qualquer chance para Julio Sergio defender. No rebote, Nenê cabeceou na pequena área, mas estava impedido. Daí em diante, o PSG começou a mandar na partida. Nenê comandou a equipe que foi desperdiçando oportunidades em sequencia para empatar. 

O time criava, mas faltou um atacante fixo na área para concluir. Aos 25, Giuly chutou cruzado pela direita e a bola passou pela frente do gol sem que ninguém colocasse o pé para marcar o gol. Nenê tentou mais uma vez, aos 35, em cobrança de falta, mas Julio Sérgio fez outra boa defesa. 

Já nos acréscimos o PSG teve mais uma chance. Giuly cruzou pela direita e Maurice chutou, mas na rede pelo lado de fora. A Roma respondeu com Riise, que bateu forte de fora da área para defesa de Coupet. 

O jogo deveria seguir até os 48 minutos (por indicação do árbitro), mas não acabou e o PSG pressionou com seguidos escanteios. Já com seis minutos além do tempo regulamentar, Maurice cruzou da direita e Hoarau empatou em forte cabeçada. Logo em seguida, Stéphane Lannoy acabou o jogo e o Bordeaux comemorou o título, enquanto os jogadores da Roma cercavam inutilmente o árbitro. 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host