UOL Esporte Futebol
 
04/08/2010 - 13h48

Novo técnico da Argentina sairá em outubro; AFA não descarta volta de Maradona

Das agências internacionais
Em Buenos Aires (Argentina)*
  • AFA anunciou que não iria renovar o contrato com Maradona, mas não descarta retorno do demitido

    AFA anunciou que não iria renovar o contrato com Maradona, mas não descarta retorno do demitido

A AFA (Associação Argentina de Futebol) disse que o nome do novo treinador da seleção pode ser anunciado apenas em outubro. Nesta quarta-feira, o site da entidade informou que nenhuma decisão será tomada até a assembleia anual do organismo que termina suas reuniões em outubro. E o nome do demitido Diego Armando Maradona não foi descartado.

A entidade anunciou na semana passada, que não iria renovar o contrato de Maradona, três semanas depois que a Argentina perdeu para a Alemanha nas quartas da Copa do Mundo da África do Sul, pelo placar de 4 a 0.

Desde então, vários nomes têm sido mencionados para substituir Maradona, incluindo Alejandro Sabella e Claudio Borghi. No entanto, o porta-voz da AFA, Ernesto Cherquis Bialo, incluiu o ex-craque entre os possíveis nomes.

"Diego nunca se foi e sempre está chegando", disse Cherquis Bialo a radio Diez, ao parodiar um tango do compositor Aníbal Troilo. O porta-voz disse ainda que não há veto a ninguém e que todos os técnicos argentinos em atividade possuem chances.

Sergio Batista, que treinou a Argentina na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, foi nomeado técnico interino para amistosos dia 11 de agosto contra a Irlanda e dia 7 de setembro contra a campeã mundial Espanha, em Buenos Aires.

*Atualizada às 18h59

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host