UOL Esporte Futebol
 
05/08/2010 - 19h38

Cruzeiro reafirma permanência de Fábio, que espera ser "valorizado"

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte
  • Goleiro Fábio acredita que até o final da janela de transferências receberá proposta, mas prefere ficar

    Goleiro Fábio acredita que até o final da janela de transferências receberá proposta, mas prefere ficar

Na apresentação do atacante Ernesto Farías, nesta quinta-feira, o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, ratificou que o goleiro Fábio permanecerá no clube mineiro até o fim da temporada. O mandatário celeste acrescentou que tem a intenção de adquirir os 50% dos direitos econômicos que pertencem ao próprio jogador.

No contrato de Fábio está estabelecida multa rescisória de 3 milhões de euros, sendo metade dos direitos pertencentes ao clube e os outros 50% ao atleta. Dessa forma, Zezé Perrella quer, ao fim desta temporada, chegar a um acordo com o goleiro para que ele negocie sua parte com o Cruzeiro.

“Eu conversei com o Fábio e falei com ele que se vendermos algum jogador tem a possibilidade de, em janeiro, comprar a outra parte. Demos a tranquilidade de que ele precisa. Já que alguém pode comprar a outra metade, porque não vender para o Cruzeiro? A torcida pode ficar segura que Fábio não sairá este ano. Esse é o próprio desejo do jogador. Ele tem um carinho muito grande do torcedor”, afirmou Perrella.

Em contrapartida, o goleiro cruzeirense destacou que quer ser valorizado. Fábio acredita que até o fim da janela de transferências para o futebol europeu o Cruzeiro receberá alguma proposta para negociá-lo.

“Tem muitas coisas que ainda estão acontecendo. Com certeza, até o final da janela vão aparecer algumas propostas, por isso que já tive essa conversa com o Zezé e demonstrei interesse em ficar. A gente sabe que às vezes a oportunidade aparece e a gente tem cada vez mais que ser valorizado”, disse.

Desde 2005 no Cruzeiro, Fábio quer gravar seu nome na história do clube, como Marcos no Palmeiras e Rogério Ceni no São Paulo. Entretanto, o goleiro enfatizou que enxerga espaço no mercado europeu e, para permanecer, o Cruzeiro precisa valorizá-lo.

“Tive uma conversa com o Cuca e ele mostrou esse pensamento de fazer história. Já tenho uma sequência no Cruzeiro e, se continuar aqui, isso vai se tornar mais realidade. Rogério, Marcos têm história e uma valorização. Acho que tudo é a valorização do jogador e que tem de ser imediata, porque já disse ao Zezé que tem coisas para acontecer”, destacou.

“As pessoas de fora estão valorizando. O carinho do torcedor faz com que eu queira permanecer, mas tenho algumas coisas lá de fora de equipes boas. O pensamento é ficar, mas ficar bem em termos profissionais e pessoais”, acrescentou.

Fábio disse que a negociação com Perrella, por enquanto, acontece apenas informalmente, e ratificou seu desejo em permanecer no Cruzeiro. “A gente está conversando informalmente. Já demonstrei interesse de permanecer, a gente sabe que até dia 31 está tudo bastante movimentado em termos de transações. Estou feliz com o trabalho da equipe e o meu trabalho também, empenhado em melhorar”, observou.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host