UOL Esporte Futebol
 
Fábio Braga/Folha Imagem

Lateral diz que a fase está boa, o que pode fechar espaço para os mais novos

10/08/2010 - 18h03

Roberto Carlos teme 'dor de cabeça' em Mano e minimiza retorno à seleção

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Roberto Carlos afirma ter o sonho de voltar a defender o time nacional. Bem humorado, o lateral avalia que seu regresso ao time nacional fechará espaços de concorrentes mais novos. Por esse motivo, o pentacampeão mundial diz não saber ao certo se valeria uma nova convocação.

"Vontade eu tenho, mas se eu voltar vou colocar mais uma dúvida na cabeça do Mano, mas isso eu não quero. Se eu for, vou correr tanto que vão exigir a minha sequência. A seleção está bem servida, tem o André Santos, que com concentração pode se firmar de vez. Além dos que estão lá, tem também o Kléber do Internacional. Não falta opção", destacou Roberto Carlos, em entrevista ao Sportv.

Para a lateral-esquerda, Mano Menezes convocou André Santos e Marcelo no amistoso diante dos Estados Unidos, nesta terça, às 21 h, em Nova Jersey.

Aos 37 anos, o lateral afirma viver momento maravilhoso no Corinthians. O jogador ainda não perdeu atuando no Pacaembu.

Segundo Roberto Carlos, seu estado físico é um dos trunfos para a convocação à seleção brasileira. Desde que firmou contrato com o Corinthians, no início da temporada, o camisa 6 corintiano não teve lesões.

“O Dentinho, bem mais novo do que eu, está cheio de dor. Eu estou bem”, sorriu Roberto Carlos, ironizando o colega Dentinho, que sofreu lesão na coxa na vitória corintiana sobre o Flamengo, 1 a 0, no Pacaembu, pelo Brasileiro.

Apesar de manifestar desejo de reintegrar o elenco da seleção, Roberto Carlos não quer uma convocação de “despedida”, sem festas. Nos planos do atleta, sua vida nos campos se encerrará em no máximo três anos.

“Eu vou jogar enquanto minha perna aguentar. Estou me sentindo muito bem. Tem sido muito gostoso jogar no Corinthians”.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host