UOL Esporte Futebol
 
11/08/2010 - 13h09

Balneário uruguaio quer batizar ruas com nomes de heróis da Copa

Das agências internacionais
Em Montevidéu (Uruguai)
  • Forlán, eleito o melhor da Copa, comemora gol na vitória do Uruguai sobre a África do Sul

    Forlán, eleito o melhor da Copa, comemora gol na vitória do Uruguai sobre a África do Sul

Os habitantes de um pequeno vilarejo uruguaio levaram às autoridades locais uma petição para que se batizem as ruas do local com os nomes dos jogadores da seleção do Uruguai e da comissão técnica, que voltaram com o quarto lugar da Copa do Mundo da África do Sul.

“É uma ideia muito boa, que teve origem na vizinhança”, contou o prefeito de Rio Branco, Robert Pereira, responsável pelo balneário de Lago Merín, vilarejo de 300 pessoas que recebe cerca de 6.000 turistas por mês no verão. “Estamos analisando seus aspectos legais”.

De acordo com a lei uruguaia, não se pode batizar ruas, praças ou monumentos com nomes de pessoas que ainda estão vivas, uma proibição a qual prefeito e habitantes de Lago Merín pretendem driblar.

Caso não consigam, os cidadãos do vilarejo já pensam em outras formas de homenagem. “Uma possibilidade é instalar uma espécie de painel na entrada do balneário como forma de agradecimento à seleção”, explica o prefeito Pereira.

“A ideia é fazer um reconhecimento público e permanente àqueles que nos deram a maior alegria popular em muito tempo”, finaliza o responsável pelo balneário de Lago Merín, cujas ruas são identificadas apenas por números.

Após chegar às semifinais da Copa do Mundo - algo que não ocorria desde 1970 - a seleção uruguaia foi recebida com muita festa em Montevidéu, onde milhares de torcedores foram às ruas homenageá-la. Em seguida, o presidente do país, José Mujica, foi pessoalmente parabenizar jogadores e comissão técnica pela performance na África do Sul.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host