UOL Esporte Futebol
 
17/08/2010 - 21h35

Em longa reunião, Santos apresenta projeto para manter Neymar e aguarda resposta

João Henrique Marques
Em Santos(SP)

A terça-feira foi dia de muita conversa entre os dirigentes santistas e os representantes de Neymar. Em pauta, a permanência do atacante no Santos. A reunião aconteceu em São Paulo, teve cerca de 8 horas de duração, mas terminou sem um desfecho. E sim, com a promessa de uma definição do futuro do atacante até a próxima sexta-feira.

WESLEY VETADO; NEYMAR AGUARDA AVAL

  • Ricardo Saibun (Santos F.C)

    A presença de Neymar na partida de volta contra o Avaí depende de um posicionamento da diretoria santista com relação ao futuro dos jogadores. Dorival relacionou os jovens para a viagem a Santa Catarina, mas vai esperar o contato dos dirigentes horas antes do jogo. Já Wesley segue vetado.

    “Todos estão relacionados. Estou aguardando definições. Deixei para definir a equipe somente no dia do jogo, pois ainda não tenho a possibilidade concreta de escalá-los”, disse Dorival.

O encontro contou com a presença do presidente do alvinegro, Luiz Alvaro de Oliveira, o diretor jurídico, Luciano Moita, empresários ligados ao clube, além do procurador do jogador, Wagner Ribeiro, e o pai do atleta, Neymar da Silva Santos.

A reunião foi realizada na sede do Banco Santander, em São Paulo, já que um dos cabeças da comitiva santista é José Berenguer, vice-presidente executivo do banco. O alto gabarito dos empresários por trás da negociação é um dos trunfos santistas para seduzir os representantes de Neymar.

O projeto foi apresentado pelo clube como forma de precaução. Isso porque a expectativa é de que o Chelsea-ING pague o valor da multa rescisória do jogador, estipulada em 35 milhões de euros (aproximadamente R$ 80 milhões). Isso acontecendo, somente Neymar poderá evitar a transferência.

A promessa santista é a de triplicar o atual ordenado do jogador (cerca de R$ 100 mil), além de dividir os lucros com ações de marketing feitas pelo próprio atleta. Em um projeto semelhante ao apresentado a Robinho no início da temporada. Antes de iniciar a reunião, os dirigentes santistas estavam esperançosos quanto à permanência de Neymar no clube.

Já o pai de Neymar e Wagner Ribeiro sempre se mostraram irredutíveis quanto ao futuro do jogador. A ideia dos representantes é a de que o jovem atacante precisa se transferir imediatamente para o exterior.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host