UOL Esporte Futebol
 
18/08/2010 - 20h27

Felipão diz que Ronaldo deve repensar carreira e incentiva Santos a vender Neymar

Luiza Oliveira
Em São Paulo

Mais que técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari é uma personalidade do futebol. O título mundial pela seleção brasileira, a passagem pelo ‘galáctico’ Chelsea e a postura autêntica o credenciam para opinar sobre vários assuntos extra-Palmeiras. Nesta quarta-feira, Felipão mais uma vez mostrou sua faceta polêmica ao dizer que Ronaldo precisa repensar se quer mesmo voltar aos campos e que Neymar deve ser vendido pelo Santos.

FELIPÃO OPINA SOBRE ÍDOLOS DO BRASIL

  • Renata Lufti/Justiça Desportiva

    Ronaldo se esforça no treino com Adilson. Para Felipão, atacante deve refletir sobre a carreira

  • Divulgação/Comcept

    Felipão tem opinião polêmica sobre Neymar. Para ele, o Santos deve vender o atleta para o Chelsea

Felipão diz que adota o pensamento de nunca segurar um atleta que está na iminência de ser negociado com um grande clube europeu. Ele considera a transferência importante para a carreira do jogador, que sempre deve alimentar seus sonhos. Em sua visão, a solução para os clubes brasileiros é buscar outras alternativas nas categorias de base.

“Sei que o pessoal do Santos não vai gostar. Se fosse por mim venderiam e vão buscar outro nas categorias de base, porque amanhã ou depois vai embora mesmo. Tem que ir agora na alta, mas tem que pagar bem, pede muito porque esse vale. Eu falo porque estive lá e sei. Pede muito que vai fazer chover. Se não tivesse maturidade não faria o que faz, é esperto. No futebol inglês ia arrebentar”, disse.

A expectativa do início dessa semana é de que o Chelsea pague o valor da multa rescisória de Neymar, estipulada em 35 milhões de euros (aproximadamente R$ 80 milhões). Mas o Santos reluta e até bolou uma estratégia para convencer o jogador a ficar prometendo a triplicar o atual ordenado (cerca de R$ 100 mil), além de dividir os lucros com ações de marketing feitas pelo próprio atleta.

Felipão encheu Neymar de elogios e o comparou com Robinho, quem ele garante ter se esforçado muito para levar para o Chelsea.

“Fiz o diabo pra conseguir o Robinho, fiz coisas que ninguém faz para que ele fosse. O Robinho seria o desequilíbrio porque lá é muito organizado e ele ia desorganizar. Estou feliz agora de novo porque ele tem possibilidade de ir para o Barça. Se for é muito inteligente, seu técnico mais ainda, são jogadores desse tipo que modificam jogos e campeonatos.”

Durante sua entrevista coletiva, Felipão também foi perguntado sobre a atual fase de Ronaldo, em quem fez uma aposta certeira ao convocá-lo para a Copa do Mundo de 2002 quando também era questionado por sua fase. Há três meses fora dos gramados por causa de seguidas lesões, o atacante tem sido criticado pela má forma física, que chegou a ter repercussão internacional na última semana.

Felipão não vê com bons olhos o atual momento do Fenômeno e diz que ele precisa de apoio de quem está próximo, principalmente do técnico Adilson Batista e do companheiro Roberto Carlos. Mas mais que isso, Ronaldo precisa refletir sobre o que realmente deseja do restante da carreira.

“Ele precisa definir se realmente quer, se quiser pode por mais um, dois ou três anos. É uma coisa íntima. Conhecendo o Adilson e o Roberto Carlos, acho que tem apoio, mas ele é quem tem que pensar ‘eu quero, eu vou, vou fazer mais esse esforço’. Se não quiser, não adianta Adilson, Roberto Carlos, não adianta nada, ele próprio é quem vai definir a vida dele”, disse.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host