UOL Esporte Futebol
 
19/08/2010 - 20h04

Atletas do Cruzeiro admitem saber pouco sobre recém-contratados

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte
  • Diego Renan diz que é importante fortalecer o grupo celeste

    Diego Renan diz que é importante fortalecer o grupo celeste

A contratação de dois atletas pelo Cruzeiro no último dia de transferência internacionais para o Brasil surpreendeu os próprios jogadores da equipe mineira. O lateral-esquerdo Diego Renan e o atacante Thiago Ribeiro admitiram que conhecem pouco do lateral-esquerdo Pablo, que atua também no meio-campo, e do volante argentino Sebastián Prediger.

No entanto, a chegada de reforços foi vista como uma chance para aumentar a competitividade dentro do elenco. “Nem sabia para falar a verdade. Eu estava vendo pela internet e acabei sabendo disso (contratações desta quinta-feira). É importante que cheguem jogadores para dar mais qualidade ao grupo, para o treinador ter mais opções”, afirmou Thiago Ribeiro.

“Para ser campeão brasileiro, não adianta ter só um time, tem que ter um elenco, porque o campeonato é longo e tem lesões e suspensões. Temos de ter jogadores para suprir ausências”, complementou.

O atacante teve o discurso seguido pelo volante Henrique. “Esse pessoal chega para nos ajudar, vai dar cara nova para o Cruzeiro. A competitividade vai aumentar e temos que nos esforçar e batalhar para ter um lugarzinho. Quando eles forem usados, têm de dar o melhor para nos ajudar”, disse.

Com a chegada de Pablo, Diego Renan passou a ter concorrente direto pela lateral esquerda, já que Gilberto atua no Cruzeiro como meia. “Está bom tendo um, o único sou eu. Mas, com certeza, o grupo está bem formado. Temos o Everton e o Gilberto que podem atuar ali. A equipe está com jogadores de qualidade que podem atuar em muita posições. Então não tem problema”, comentou.

O lateral-esquerdo admitiu que conhece pouco sobre seus novos companheiros. “Não sei muita coisa. Para falar a verdade, não estava sabendo ainda. Com certeza, virão para ajudar. O campeonato é longo, vai haver contusões, suspensões, e o grupo tem de estar forte para buscar o título”, observou.

O volante e lateral-esquerdo Pablo, ex-Zaragoza, da Espanha, defendeu o Vasco entre 2006 e 2008. Já o volante argentino Sebastián Prediger foi emprestado pelo Porto, de Portugal, mas atuava pelo Boca Juniors.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host