UOL Esporte Futebol
 
23/08/2010 - 16h10

Árbitro mata jogador a facadas por reclamar após uma falta no Ceará

Das agências internacionais
No Rio de Janeiro

Um homem que atuava como árbitro em uma partida de futebol assassinou a facadas um jogador que reclamou de uma falta e deixou o irmão da vítima gravemente ferido em Barreira, no Ceará, segundo informou nesta segunda-feira a polícia do estado.

O fato ocorreu no domingo a tarde em Barreira, a 72 km de Fortaleza, capital cearense, em uma partida entre equipes de Barreira e Redenção, uma cidade vizinha. Segundo a polícia, as testemunhas acusaram Francisco Edio Gregório Chaves, 26 anos, de ter atacado os irmãos a facadas durante a partida de futebol, e depois o agressor fugiu.

Os jogadores que participavam da partida informaram que o ataque aconteceu depois que José Ramos da Silva, um vigilante de 28 anos, reclamou de uma falta marcada contra a sua equipe.

Depois de uma forte discussão, Chaves esfaqueou o peito do jogador, que morreu antes de receber atendimento médico, e deixou quatro feridas nas costas de Francisco das Chagas de Silva, 24 anos, que tentou socorrer o seu irmão. Ele não corre risco de morte.

De acordo com o tenente, Cledson Maranhão, chefe do Comando de Vigilância do Interior da Polícia Militar do Ceará, nem o suposto assassino e nem a vítima tinham antecedentes criminais.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host