UOL Esporte Futebol
 
02/09/2010 - 17h24

Em fase de formação, seleção vê anfitrião Barcelona como modelo

Carlos Padeiro
Em Barcelona (Espanha)
  • É uma equipe que dá gosto de ver e pode servir de modelo. Estamos na cidade desses grandes jogadores, diz Hernanes sobre o Barcelona

    "É uma equipe que dá gosto de ver e pode servir de modelo. Estamos na cidade desses grandes jogadores", diz Hernanes sobre o Barcelona

Hóspede da cidade em que o futebol gira em torno do poderoso Barcelona, a seleção brasileira aponta o clube catalão, atual campeão espanhol, como um modelo de estilo de jogo.

Na chegada à Espanha para o segundo encontro sob o comando de Mano Menezes, os jogadores elogiaram a qualidade do Barça. Além disso, o treinador do Brasil é adepto de uma formação tática comum na Europa e adotada pelo técnico Josep Guardiola: o 4-3-3, com dois pontas abertos, que varia para o 4-5-1 na marcação.

“É uma equipe que dá gosto de ver e pode servir de modelo, sim. São jogadores que participaram da final da Copa e foram campeões, ainda mais os de meio-campo, setor onde eu jogo. Estamos na cidade desses grandes jogadores, não tem como não citá-los”, comentou Hernanes, em referência ao meio-campo titular da Fúria no Mundial da África do Sul, composto por Busquets, Iniesta e Xavi, três atletas do Barcelona.

“Cada dia a gente vê mais o Barcelona crescer. É um time que inspira qualquer jogador”, endossou o lateral-direito Rafael, do Manchester United.

Ambos, apesar da admiração pela equipe espanhola, deixaram claro que a seleção tem de seguir sua tradição. “O Brasil tem um estilo próprio, o de jogar com a alegria de sempre”, enfatizou Rafael, de 20 anos. “Somos da seleção brasileira e temos de estar sempre inspirados”, afirmou Hernanes.

Outro atleta de armação, Ramires defende um meio-campo de velocidade e toque de bola, como o do Barcelona e da Espanha. “É sempre bom ter jogadores leves, porque é melhor para dar ritmo de jogo no meio. O mais importante neste setor é o passe. Quanto menos errar, melhor”, opinou o atleta do Chelsea.

Contra os Estados Unidos, na estreia de Mano Menezes, o Brasil chamou a atenção justamente pelo futebol envolvente e a posse e o toque de bola.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host