UOL Esporte Futebol
 
16/09/2010 - 13h00

Top 8 - As polêmicas de Neymar no ano, com Twitter, balada e discussões

Em sua ainda curta trajetória esportiva, o atacante Neymar tem arrebatado a atenção de quem acompanha o futebol nacional tanto pelo talento encantador, quanto pelo temperamento controverso.

A joia santista, que recentemente recusou oferta milionária do Chelsea para seguir mais um tempo no clube em que se formou, motiva calorosos debates a respeito de sua vocação para as confusões, que neste ano passaram por discussões no Twitter, provocações em campo e atraso em treino após balada. Na última quarta-feira, a lista de incidentes foi engrossada pelo atrito público com o técnico Dorival Júnior. Veja a seguir a relação de polêmicas da promessa do futebol brasileiro. Dê a sua opinião sobre as atitudes de Neymar:

CHAPÉU COM A BOLA PARADA - 28/02

Em clássico contra o Corinthians, em fevereiro pelo Campeonato Paulista, Neymar aplicou um chapéu no zagueiro Chicão com a partida paralisada. Após o jogo, Dorival Júnior disse que a atitude do atleta era desnecessária. Dias depois, o jovem não descartou repetir o lance, rotulado por críticos como antidesportiva. E, apesar das críticas, o episódio voltou a acontecer recentemente em duelo diante do Avaí, na Vila Belmiro. Desta vez, a vítima foi o volante Marcinho Guerreiro. Leia mais

INCIDENTE RELIGIOSO - 02/04

Juntamente com boa parte do elenco santista, Neymar se negou a descer do ônibus do clube durante uma visita programada a um lar espírita de Santos no período de Páscoa. Evangélico, o atacante alegou que “motivos religiosos” o levaram a tomar a atitude. "Cheguei em casa, conversei com o meu pai, e percebi como foi ruim a nossa postura. Jamais vou repetir algo assim, e por isso, temos que pedir desculpas", disse Neymar. Dias depois, após pressão da opinião pública, o atacante realizou a visitação. Leia mais

ATRASO APÓS 'BALADA' - 21/05

Neymar chegou atrasado à concentração do Santos no dia do embarque para Goiânia. Ao lado de Paulo Henrique Ganso, Madson e André, o jogador foi punido e cortado da partida contra o Atlético-GO pelo Brasileiro. Os jogadores estavam liberados para retornar até as 23h, mas voltaram somente por volta das 3h da manhã. Na ocasião, o camisa 11 e os seus colegas garantiram que compareceram ao local por volta das 0h30min. Na oportunidade, o atacante disse achar a atitude da diretoria um tanto quanto exagerada. Leia mais

PÊNALTIS POLÊMICOS - 28/07

Com "paradinha", Neymar fez gol de pênalti em Rogério Ceni e viu o goleiro se revoltar com a maneira de executar a cobrança. Com "cavadinha", o atacante desperdiçou uma cobrança na final da Copa do Brasil contra o Vitória. Na ocasião, o jogador irritou parte da torcida, que passou a vaiá-lo a cada toque na bola. No ano, o jovem realizou 14 cobranças de pênalti e desperdiçou cinco, sendo que quatro delas foram executadas sem a 'paradinha'. Leia mais

POLÊMICAS NO TWITTER - 16/08

Neymar é assíduo usuário de sua página na rede social. Nela, o atacante já fez diversos desabafos, mas assegurou não ter sido o responsável pela crítica feita ao árbitro Sandro Meira Ricci, no momento em que o árbitro marcou um pênalti para o Vitória, em duelo contra o Santos (Neymar não estava em campo no dia). A frase: "Juiz ladrão vai sair de camburão" foi postada minutos após o pênalti. Pouco depois, o comentário foi tirado do ar, e posteriormente, Neymar garantiu que a mensagem foi postada por um invasor. Leia mais

ACUSAÇÃO DE DEBOCHE - 02/09

No duelo contra o Avaí, na Vila Belmiro, Neymar foi acusado por Antônio Lopes de ser debochado em campo. Segundo o veterano treinador, o atacante fez referências ao patamar financeiro 'milionário' para provocar os adversários. Além disso, Lopes disse que a maioria das faltas sofridas por Neymar foram marcadas por Carlos Eugênio Simon por causa da simulação do atacante santista. O jovem, incomodado com as críticas, rebateu negando ter tomado esta postura em campo. Leia mais

CONFUSÃO EM FORTALEZA - 12/09

Em campo contra o Ceará, Neymar deu carretilha, pedalou e arriscou diversas jogadas individuais. Só que o Santos perdeu o jogo por 2 a 1, e nos minutos finais o atacante discutiu com o jogador adversário, João Marcos, incomodado por estar sendo provocado. "Não pode encostar nele, estou só marcando", justificou o cearense nos microfones. Depois gritou: "vem Neymar, vem Neymar." Um tumulto generalizado foi criado após a atitude do jovem, em que o meia Marquinhos teria sido agredido por um policial. Leia mais

OFENSAS A DORIVAL - 15/09

Contrariado por ser impedido a cobrar um pênalti contra o Atlético-GO na Vila Belmiro, o jovem xingou o treinador Dorival Júnior. Nos minutos finais do jogo, o atacante abusou de lances individuais, e, além de ser novamente recriminado pelo treinador, ouviu o capitão do time Edu Dracena reclamar de sua postura. Depois da atitude do atleta, o técnico disse que Neymar deve ser punido e que indicará um psicólogo. Já Renê Simões, do Atlético-GO, afirmou que "estamos criando um monstro". Leia mais

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host