UOL Esporte Futebol
 
21/02/2011 - 13h21

Com título reconhecido, Fla exige que São Paulo devolva a Taça das Bolinhas

Vinicius Castro
No Rio de Janeiro
  • O goleiro Rogério Ceni com a Taça das Bolinhas entregue ao São Paulo durante a semana passada

    O goleiro Rogério Ceni com a Taça das Bolinhas entregue ao São Paulo durante a semana passada

Oficialmente hexacampeão brasileiro, o Flamengo agora irá atrás da Taça das Bolinhas, prêmio destinado ao primeiro pentacampeão brasileiro, e que foi entregue na semana passada ao São Paulo enquanto o processo para o reconhecimento do título rubro-negro estava em andamento.

De acordo com o departamento jurídico do Flamengo, a CBF fez a justiça reconhecendo o título e o São Paulo tem a obrigação de devolver a Taça das Bolinhas ao clube carioca.

“Foi um trabalho em conjunto e ninguém poupou esforços para que o título fosse reconhecido. Considero a vitória da justiça e o presidente Ricardo Teixeira teve a grandeza de reconhecer. Com isso, o Flamengo passa a ser o primeiro pentacampeão brasileiro e agora a Taça de Bolinhas terá de ser devolvida. O São Paulo tem que devolvê-la, pois em nenhum momento participou da disputa que envolvia Sport, Flamengo e CBF. Até por questões éticas não poderia ter aceitado recebê-la. O regulamento da Taça de Bolinahs é claro e o Flamengo foi o primeiro time a se sagrar cinco vez campeão brasileiro”, afirmou Rafel de Piro, vice-jurídico do clube.

O dirigente falou sobre o aspecto fundamental para que a CBF reconhecesse o título rubro-negro de 1987.

“O nosso pedido de reconsideração fez a diferença. Os documentos demonstravam claramente que o Flamengo tinha de ser declarado campeão de 1987. Tudo foi feito por meio de argumentos consistentes. Outra decisão seria algo absurdo”, finalizou.

OPINIÃO DO BLOGUEIRO

Traffic intermediou aproximação entre Flamengo e CBF

A assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal, responsável por "guardar" a Taça das Bolinhas antes de entregá-la ao São Paulo, informou que ainda não foi comunicada sobre a decisão e explicou o motivo de ter entregue o troféu ao São Paulo.

“[Na entrega ao São Paulo] a gente só cumpriu o regulamento da CBF. Fizemos um levantamento, verificamos os documentos e, como o presidente já havia se pronunciado sobre o Sport, a gente fez a entrega embasado na CBF. Ainda não fomos informados oficialmente [do título do Flamengo]. Falar qualquer coisa agora é teoria. Teremos que ver todo o processo de novo, ver com o departamento jurídico. Por enquanto, o São Paulo é o primeiro pentacampeão”.

Às 16h, a presidente Patricia Amorim irá conceder uma entrevista coletiva na Gávea para falar sobre a conquista do clube nesta segunda-feira.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host