UOL Esporte Futebol
 
Getty Images

Elano, Lúcio e Maicon têm a primeira chance depois da derrota na Copa

03/03/2011 - 13h07

Mano inova com Lucas e dá nova chance a Elano, Maicon e Lúcio na seleção

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Mano Menezes apresentou três novidades e três retornos na convocação da seleção brasileira para o amistoso do dia 27 de março, diante da Escócia, no Emirates Stadium, em Londres. Elano, Maicon e Lúcio foram chamados pela primeira vez desde a Copa do Mundo, enquanto Lucas, do São Paulo, Jonas, do Valencia, e Henrique, do Cruzeiro, são as novidades. Outra grande surpresa foi a exclusão de Robinho, capitão durante toda a era Mano.

'CONTO COM ROBINHO', AFIRMA MANO

  • EFE/Xavier Bertral

    O treinador excluiu o atacante da convocação, mas disse que conta com Robinho para a disputa da Copa América em julho, na Argentina. Leia mais

ELANO: ROMANCE COM NIVEA STELMANN

  • EFE/Xavier Bertral

    De acordo com a coluna de Ancelmo Gois, no jornal O Globo desta quinta, o meia é o novo namorado da atriz Nívea Stelmann. Leia mais

"Nãoo acreditoooo!!!! Estou sonhandoooo!!", vibrou Lucas em seu Twitter minutos depois da lista ser divulgada no início da tarde desta quinta-feira, no Rio de Janeiro. O meia do São Paulo brilhou na conquista do Sul-Americano sub-20 ao lado de Neymar, outro chamado para encarar os escoceses.

Mano decidiu apostar também em velhos conhecidos da torcida. Artilheiro do Paulistão, Elano tem sua primeira chance desde a última Copa, quando o Brasil caiu nas quartas de final para a Holanda. Maicon e Lúcio, da Inter de Milão, também estão de volta, assim como o companheiro de time Julio Cesar.

A grande ausência, surpreendente, foi a de Robinho. O atacante do Milan esteve em todas as convocações anteriores e era o capitão de Mano. Agora, dá seu lugar a Jonas, artilheiro do último Brasileiro pelo Grêmio e atualmente no espanhol Valencia.

Lúcio surge como favorito a ser o novo capitão, mas Mano preferiu adiar a decisão. "Como decidimos pela não convocação do Robinho nesta semana, ainda vamos analisar qual jogador pode cumprir essa função. Vamos esperar."

A seleção vem de duas derrotas consecutivas. Em fevereiro, perdeu por 1 a 0 para a França, em Paris. Três meses antes, em outro clássico, o Brasil sofreu um gol no final de Messi e caiu diante da Argentina por 1 a 0, no primeiro revés da equipe sob o comando de Mano Menezes.

JUCA: MANO BRILHA PELAS AUSÊNCIAS

Era esperado que ele chamasse o novo ídolo rubro-negro Ronaldinho Gaúcho, ainda mais agora que CBF e Flamengo fizeram as pazes.

Depois de encarar a Escócia, a seleção já tem outros dois amistosos agendados: encara a algoz Holanda no dia 4 de junho, em Goiânia, e três dias depois promove a despedida de Ronaldo com a camisa amarelinha em confronto com a Romênia, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O primeiro torneio do Brasil será a Copa América, em julho, na Argentina. Em agosto, novo amistoso contra uma grande seleção: a rival será a Alemanha, terceira colocada na última Copa do Mundo.

Antes das duas derrotas para argentinos e franceses, o Brasil acumulou três vitórias com Mano, superando Estados Unidos (2 a 0, em Nova Jersey), Irã (3 a 0, em Abu Dhabi) e Ucrânia (2 a 0, em Derby).

CONFIRA OS CONVOCADOS DE MANO MENEZES PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA

GOLEIROS

Julio Cesar (foto) (Internazionale-ITA)
Jefferson (Botafogo)
Victor (Grêmio)
LATERAIS

Maicon (foto) (Internazionale-ITA)
Daniel Alves (Barcelona-ESP)
André Santos (Fenerbahçe-TUR)
Marcelo (Real Madrid-ESP)
ZAGUEIROS

Lúcio (foto) (Internazionale-ITA)
Thiago Silva (Milan-ITA)
David Luiz (Chelsea-ING)
Luisão (Benfica-POR)
VOLANTES

Elias (foto) (Atlético de Madri-ESP)
Lucas (Liverpool-ING)
Henrique (Cruzeiro)
Sandro (Tottenham-ING)
Ramires (Chelsea-ING)
MEIAS

Elano (Santos)
Lucas (foto) (São Paulo)
Renato Augusto (Bayer Leverkusen-ALE)
Jadson (Shakhtar Donetsk-UCR)
ATACANTES

Jonas (foto) (Valencia-ESP)
Neymar (Santos)
Alexandre Pato (Milan-ITA)
Nilmar (Villarreal-ESP)

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host