UOL Esporte Futebol
 
16/04/2011 - 14h07

Chinesinho, ídolo de Palmeiras e Inter nos anos 1950 e 1960, morre no RS

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Palmeiras perdeu neste sábado um dos maiores ídolos de sua história. O meia Chinesinho, que atuou no clube entre 1958 e 1962, morreu nesta manhã em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, aos 75 anos. Ele sofria de mal de Alzheimer.

PASSAGENS POR PALMEIRAS E INTER

Chinesinho foi um dos ídolos da história do Palmeiras, onde jogou entre 1958 e 1962 e conquistou dois títulos Gaúcho, o ex-meio-campista ganhou reconhecimento durante sua passagem pelo Inter, entre 1955 e 1958

O ex-meio capista, cujo nome completo era Sidney Colônia Cunha, conquistou dois títulos com a equipe alviverde – o Campeonato Paulista de 1959 e a Taça Brasil de 1960 – e colaborou indiretamente para a formação da primeira Academia do Palmeiras.

“Com o dinheiro da venda dele, o Palmeiras contratou 15 jogadores e formou a Primeira Academia. Vieram, entre outros, Servílio, Tupãzinho, Rinaldo, Vavá e Djalma Dias”, lembrou o presidente Arnaldo Tirone. “Ele era um jogador muito técnico, muito rápido. Jogava no meio-campo, um pouco atrás do centroavante, e além de armar as jogadas também chegava com facilidade para finalizar a gol. Foi um craque, que só poderia mesmo ser substituído pelo Ademir da Guia”.

Ao todo, Chinesinho atuou 241 vezes com a camisa palmeirense e marcou 55 gols. Ao longo de sua carreira como jogador, o meia, que começou no Inter, ainda passou pelo já citado Modena e pelos também italianos Catania, Juventus e Lanerossi Vicenza, além da seleção brasileira. Após se despedir dos gramados, em 1971, ainda emendou uma carreira como técnico e chegou a treinar o Palmeiras em 14 jogos em 1985.

“O Chinesinho ficará eternizado como um dois maiores nomes que passaram pelo Palmeiras. Isso nunca se apagará. Fica o nosso sentimento de pesar à família e aos amigos”, comentou o vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo.

Em seu site oficial, o Internacional também emitiu uma nota de pesar pela morte de Chinesinho, que será cremado em São Leopoldo.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host