Topo

Esporte


Com um jogador a menos, Botafogo empata com América-MG em amistoso

Do UOL Esporte

No Rio de Janeiro

14/05/2011 18h14

Com um jogador a menos na maior parte do jogo, depois da expulsão de Jefferson no primeiro tempo, o Botafogo apresentou um futebol consistente, mas empatou o amistoso diante do América-MG por 1 a 1, neste sábado, em Juiz de Fora. Com um bonito gol de Thiago Galhardo, que fez ótima partida, e China empatando de pênalti, as duas equipes fizeram o último teste antes do Campeonato Brasileiro.

CONFIRA OS PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
18 min - Irênio cobra falta com categoria, mas a bola passa ao lado direito da meta do América-MG
21 min - GOOOLLL DO BOTAFOGO!!! Thiago Galhardo chuta de longe e acerta o ângulo de Flávio
31 min - Irênio cruza bola, ela desvia e obriga Renan a se esticar todo para efetuar a defesa
SEGUNDO TEMPO
19 min - Carleto chuta de fora da área e obriga Renan fazer uma ótima defesa
31 min - Daniel Lovinho dá leve toque de letra no canto. Renan se estica todo e salva o gol
33 min - GOOOLLL DO AMÉRICA-MG!!! China cobra com eficiência penalidade e não dá chances para Renan

Na estreia do Nacional, o Botafogo terá pela frente o Palmeiras, no dia 22 de maio, em São José do Rio Preto. Já o América-MG volta à primeira divisão e encara o Bahia, dentro de casa, em Sete Lagoas.

A partida começou morna e com as duas equipes se estudando. Contudo, na primeira situação de ataque, um lance mudou a história do embate. Amaral recebeu livre e sofreu falta de Jefferson, na entrada da área. Como era o último jogador, ele foi prontamente expulso pelo árbitro Emerson de Almeida Ferreira.

Após a exclusão do goleiro, um fato inusitado passou durante o amistoso. Foi feita uma verdadeira convenção entre jogadores do Botafogo, América-MG e os árbitros. Isto porque os alvinegros não queriam perder um jogador na partida e pediam apenas a troca dos goleiros. O pedido foi aceito pelos mineiros, mas não passou pela a arbitragem.

Com isso, Caio Júnior teve de abrir mão de um atacante, Alex, para colocar Renan em campo. Quando parecia que o Botafogo iria sofrer pressão pela desigualdade numérica, o Alvinegro conseguiu o seu gol. Thiago Galhardo acertou um petardo de fora da área e abriu o placar.

Após o revés, o técnico Mauro Fernandes abriu mão do esquema de três zagueiros e logo fez uma substituição. O zagueiro Micão, que já tinha cartão amarelo, saiu para entrada de Camilo. A substituição não rendeu frutos e o time mineiro pouco produzia.

Na volta do intervalo, os dois times voltaram truncados e sem assustar muito. Assim como no primeiro tempo, o Alvinegro mostrou muita consciência tática e, mesmo com um a menos, fazia uma consistente partida.

Aos 10 minutos, Caio Júnior fez um pacote de substituição e, para alegria dos torcedores em Juiz de Fora, Maicosuel entrava em campo. Esta foi sua segunda partida do camisa 7, que ficou sete meses afastado por lesão.

Contudo, foi o adversário que começou a apertar. Com chegadas interessantes, a equipe apresentava perigo para o goleiro Renan. Até que Fábio Ferreira fez falta na área e o juiz marcou pênalti para o América-MG. China cobrou e empatou o placar para os mineiros, dando números finais ao jogo.

AMÉRICA-MG 1 x 1 BOTAFOGO

Data: 14/05/2011 (sábado)
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Local: Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, Juiz de Fora (MG)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Helberth Costa Andrade (MG) e Janette Mara Arcanjo (MG)
Cartões amarelos: Amaral, Micão, Dudu, Preto e Gabriel (América-MG); Lucas (Botafogo)
Cartões vermelhos: Jefferson (Botafogo)
Gols: Thiago Galhardo, aos 21 do primeiro tempo; China, aos 33 do segundo tempo

América-MG
Flávio (Neneca); Gabriel, Preto (Lula) e Micão (Camilo); Sheslon (Marcos Rocha), Amaral (China), Dudu, Irênio (Davi Ceará) e Thiago Carleto (Caleb); Eliandro (Leo) e Fábio Júnior (Daniel Lovinho).
Técnico: Mauro Fernandes

Botafogo
Jefferson; Lucas (Alessandro), Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Arévalo Ríos, Lucas Zen, Thiago Galhardo (Somália) e Cidinho (Everton); Caio (Maicosuel) e Alex (Renan).
Técnico: Caio Júnior

Mais Esporte