UOL Esporte Futebol
 
Santos F.C (Divulgação)

Jean Chera deixou o Santos e acertou transferência para clube italiano

25/05/2011 - 14h01

Após brigar com o Santos, promessa Jean Chera acerta contrato com o Genoa

Bruno Thadeu
Em São Paulo

O meia Jean Chera, 16, acertou contrato com o Genoa, clube que defenderá pelas próximas três temporadas. A negociação com o time italiano revoltou o Santos, que criticou o pai do jovem, Celso Chera, por retirar o atleta da base alvinegra.

  • Reprodução

    Celso Chera, pai do jovem, se reuniu com presidente do Genoa para acertar vínculo por três temporadas

O UOL Esporte apurou que o acerto ocorreu após o presidente do Genoa tratar diretamente com Celso Chera, em viagem do representante e pai do jovem à Itália.

Agora o atleta atuará com Zé Love, que também tem acordo com o Genoa. Para defender a equipe italiana, Jean Chera receberá 400 mil euros. Após o vínculo de três anos, o jogador tem acertada prorrogação automática por mais dois anos.

A relação da família Chera com o Santos foi marcada por polêmicas. Por diversas ocasiões o pai do meia acusou o time da Vila de subvalorizar o garoto. Chera largou o Santos em março.

O pai alegou que o filho estava sendo pouco aproveitado no elenco sub-17 do Santos. Chera chegou à Baixada ainda adolescente. O Santos não pôde firmar vínculo, pois Chera tinha menos de 16 anos. Ele completou 16 anos no último dia 12, descartando acordo com a equipe alvinegra.

Tido como o jogador mais valioso da base santista pós Neymar, Chera já treinava com a equipe juvenil (sub-17) desde o ano passado mesmo com 15 anos. Ele ganhava o maior salário da base santista, cerca de R$ 30 mil.

A intenção inicial do pai do jogador era de que o jovem tivesse o ordenado triplicado no primeiro vínculo profissional, válido por três anos, e aumento progressivo significante a cada ano.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host